Mobile menu

Pages in topic:   [1 2] >
quem gosta de trabalhar de graça?
Thread poster: Adriana Caraccio Morgan, Dip Trans IOL

Adriana Caraccio Morgan, Dip Trans IOL  Identity Verified
Brazil
Local time: 09:15
Member (2010)
English to Portuguese
+ ...
Aug 3, 2002

Pessoal do idioma Português,



Recentemente, o Marcio Badra enviou uma mensagem a respeito da baixa qualidade das perguntas enviadas ao KudoZ.



Hoje tivemos, e ainda estamos tendo, uma avalanche de perguntas na √°rea financeira. Sim, √© uma das √°reas em que trabalho, e por isso posso ver que as perguntas s√£o b√°sicas para quem trabalha na √°rea. E n√£o, n√£o √© ci√ļmes, pois tenho meus clientes e n√£o posso me queixar do fluxo de trabalho.



Escrevo aqui (e j√° enviei uma mensagem ao forum Suggestions, na mesma linha), expondo-me √†s pedradas, simplesmente devido a um inc√īmodo muito grande, pelos seguintes motivos:

- a quantidade de perguntas: quem √© profissional e entende do riscado n√£o tem tantas d√ļvidas assim...

- o nível das perguntas: nível básico para quem trabalha dentro da área. Muitas respostas são facilmente encontradas em dicionários simples (não especializados)

- falta de consulta, preguiça, falta de investimento em materiais de consulta, dicionários, etc

- ANONIMATO: não sabemos quem faz as perguntas, na grande maioria dos casos de abuso. Como já disse o Marcio Badra, dá até pra entender que a pessoa tenha vergonha de se identificar, com o nível das perguntas...

- gratuidade: vamos e venhamos, principalmente para os que moram no Brasil, 120 doletas √© uma temeridade - infelizmente, at√© recebermos a fatura do cart√£o de cr√©dito, podemos ter uma surpresa desagrad√°vel em rela√ß√£o √† taxa de c√Ęmbio. Ou seja, quem paga para manter o site deveria ter mais privil√©gios do que tem.



Pode-se notar que n√£o gosto de anonimato, assino meu nome completo, pois n√£o tenho nada a esconder.



Gostaria de ouvir as opini√Ķes dos demais.



Obrigada,



Adriana

Santos - SP


Direct link Reply with quote
 

Regina Motta  Identity Verified
Local time: 08:15
English to Portuguese
+ ...
Caos Aug 3, 2002

Adriana



Você tem razão. O Márcio começou o assunto, depois o assunto foi desvirtuado e o Márcio desrespeitado a troco de nada.



Em termos gerais, est√° tudo uma grande confus√£o e ...salve-se quem puder!



A qualidade está ruim nas perguntas, nas respostas e, acima de tudo, no tratamento com relação aos colegas mais velhos, aos mais experientes e aos mais profissionais.



Comentar que tradutores brasileiros devem se contentar com preços baixos por causa da situação de dólar, além de falta de tato, é menosprezar o trabalho alheio.



Há 1.466 pessoas registradas no par de inglês > português que não acham que vale a pena pagar a anuidade para o ProZ.



Como você deve ter percebido, o grupo pagante é incrivelmente menor. Assim, as coisas não vão mudar.



Até mais



Regina

[ This Message was edited by: on 2002-08-03 09:05 ]


Direct link Reply with quote
 
Telesforo Fernandez
Local time: 17:45
English to Spanish
+ ...
mas quem faz causa? Aug 3, 2002

Ola amigos,

Pois em PROZ qualquer coisa pode suceder poque assim permite o sitio e asim se sustenta o sitio. Esse eh o seu segredo de sobreviver.Mas quem fica afectado finalmente? O sitio ou os membros?


Direct link Reply with quote
 

Adriana Caraccio Morgan, Dip Trans IOL  Identity Verified
Brazil
Local time: 09:15
Member (2010)
English to Portuguese
+ ...
TOPIC STARTER
Sustento que deveria haver mais privilégios para pagantes... Aug 3, 2002

Ol√°,



Quote:


On 2002-08-03 10:28, telef wrote:

Mas quem fica afectado finalmente? O sitio ou os membros?





O site pode continuar como está, mas deveria implementar alguns limites. Não se pode aceitar pedidos de tradução de sentenças inteiras, pois sempre se corre o risco de que algum desavisado (ou algum KudoZ-lover) responda à questão, desrespeitando o trabalho de todos nós.



Indo al√©m da especializa√ß√£o, e ficando nas d√ļvidas mais b√°sicas, qual pessoa que se diga o mais reles dos tradutores de ingl√™s>portugu√™s pode n√£o saber o que s√£o \"new shares\"? Ora, n√£o √© preciso ser economista para tanto e com um dicion√°rio em m√£os se chega √† resposta.



Recentemente terminei uma tradu√ß√£o de alguns bons milhares de palavras, quase arranquei os cabelos com d√ļvidas (e a tradu√ß√£o era da minha √°rea!!!), mas s√≥ recorri ao KudoZ para 3 ou 4 termos, se n√£o me falha a mem√≥ria. √Č claro que na tradu√ß√£o vale a m√°xima \"s√≥ sei que nada sei\"! Quanto mais nos aprofundamos em um assunto, mais surgem as d√ļvidas - \"ser√° que \'x\' √© o melhor termo, ser√° que n√£o estou deixando passar nada nas entrelinhas, etc?\".



Meu protesto n√£o √© com a exist√™ncia de d√ļvidas, mas sim com a facilidade com que \"freeloaders\" usam e abusam deste site. √Č com a falta de profissionalismo que reina em nosso ambiente. E se n√£o formos n√≥s a lutarmos, quem haver√° de lutar? Portanto, acho que deve haver formas para dificultar que pessoas incapazes peguem trabalhos para os quais n√£o est√£o capacitadas e coloquem frases soltas aqui e ali (ou pior, senten√ßas inteiras!!!) para que os profissionais os \"ajudem\"... ou at√© mesmo fa√ßam a tradu√ß√£o toda para eles. H√° at√© a escolha de sugest√Ķes com erros! Acredito que nenhum profissional que se preze aceita \'de olhos fechados\' qualquer defini√ß√£o, venha de quem for. Eu sempre verifico a informa√ß√£o, para ver se est√° correta. Afinal, n√£o posso falar para meu cliente \"ah! Mas algu√©m no ProZ me disse que era esse o termo!\" N√£o, a tradu√ß√£o √© minha e a responsabilidade tamb√©m...



O que acontece nos casos de abusos, com envios de m√ļltiplas d√ļvidas, muito al√©m do que seria racional, e de trechos completos, em nada difere daquelas folcl√≥ricas \"ag√™ncias\" que fazem \"testes\" passando trechos de uma tradu√ß√£o paga para v√°rios tradutores fazerem de gra√ßa... E isso √© motivo para indigna√ß√£o geral, n√£o √©? Por que haver√° de ser diferente nesse caso? Se nem sabemos quem √© a pessoa que coloca as quest√Ķes?



N√£o quero sentir que meus 120 d√≥lares est√£o indo pelo ralo. Para os que n√£o sabem, participo da lista trad-prt do yahoogrupos.com como moderadora, doando-lhe uma boa parte de meu tempo, e quase n√£o envio d√ļvidas, pois sou muito criteriosa em rela√ß√£o a isso. Portanto, j√° que estamos pagando para participar do ProZ temos que ter muito mais privil√©gios do que temos atualmente.



Espero que esse debate n√£o seja em v√£o.



Abraços,



Adriana (que não é tão ranzinza como pode parecer!)

Brasil

Direct link Reply with quote
 
Jane Lamb-Ruiz  Identity Verified
French to English
+ ...
Acordo Aug 3, 2002

Tudo que foi dito respeito ao ingl√™s-portugu√™s se aplica ao portugu√™s-ingl√™s. A √ļltima vez que tentei dar uma opini√£o sobre essas quest√Ķes quase \"acabaram\" comigo. Existe por√©m uma coisa que at√© agora n√£o consegui entender. Existe um \"forum\" para bastantes assuntos mas aonde se pode falar sobre quest√Ķes de traduc√£o ao ingles em ingl√™s?

Direct link Reply with quote
 
Telesforo Fernandez
Local time: 17:45
English to Spanish
+ ...
voce tem razao mas......... Aug 3, 2002

Você tem muita razão mas o PROZ tem uma filosofia bem diferente. Aqui se permite tudo, salvo aquilo que pode prejudicar os interesses to sitio.

Somos democratas - todo e qualquer pode enganar-nos. Se algu√©m p√Ķe em relevo alguns problemas ou critica o sitio existem sempre pessoas( membros) a disposi√ß√£o de PROZ para contraria-lo ou propor uma defesa do sitio.



Os membros podem sofrer mas o sitio não pode. Sempre se projecta uma imagem boa do sitio, onde se usa sempre os próprios membros para silenciar os críticos



Algumas das linhas de defesa vão assim :-1) oh o sitio é maravilhoso -

2) antes n√£o tinha trabalho mas agora com o sitio estou ganhando bem -

3) o sitio nos auxilia muito nesta profiss√£o solit√°ria-

4)Sou novo/a neste sitio mas estou aprendendo muito, como que nunca aprendeu na vida e só lhe faltava o sitio para aprender.

5)Ou finalmente podem dizer estes membros s√£o bestas, n√£o entendem nada.

6) Ou ainda Henry é nosso Anjo Custodio etc. etc.

7) quando a controvérsia se torna insuportável , de repente se manda alguém para começar uma discussão sobre os Kudoz para distrair a atenção - Se deve abolir os Kudoz ou não?- será que o cliente considera um tradutor sob base de pontos Kudoz?.

Agora rege uma grande guerra entre os membros sobre os pontos Kudoz e sobre os méritos e deméritos do sistema de Kudoz.

Mas antes que se acalma este fogo, algu√©m de repente fala sobre as vantagens de subscri√ß√£o a categoria ‚Äú platino‚ÄĚ. Logo vem os defensores jurando que o platino lhes tem dado muitos benef√≠cios ‚Äď ‚Äúagora os clientes me podem ver melhor por eu ocupar um lugar destacado na hierarquia de Proz.‚ÄĚ Outros dizem que o platino n√£o lhes serviu para nada ( que profania! desafiam os outros).



Mais tarde algu√©m toca sobre o aspecto dos pre√ßos ‚Äď aqui come√ßa uma guerra ferrenha entre tradutores do primeiro mundo e do terceiro mundo ( no que se refere as tarifas). Esta √© uma guerra que continua at√© agora.

Depois vem a guerra entre tradutores bons e tradutores maus. Um agarrando a garganta do outro até que ficam feridos gravemente. Enquanto rege esta guerra de repente alguém pergunta se algum membro sabe onde se vendem os melhores dicionários ou as melhores flores do mundo ou alguma coisa assim para destrair a atenção.

Alguns traduzem trechos de obras de Shakespeare ou Dante ou Cervantes ou qualquer famoso escritor na sua língua materna e esperam ser louvados pelos seus compatriotas.

Todo o mundo diz este fulano domina bem tanto o seu idioma como o idioma dos outros. E como uma ultima bofetada alguém anuncia a \'Conferência Internacional de Padeiros\" que se realizará em Nova Iorque, para que se procura intérpretes nativos em vários idiomas a razão de 4 dólares por hora.

E assim é a vida no PROZ. Mas afinal quem aproveita ? Só Deus sabe

[ This Message was edited by:

[ This Message was edited by: on 2002-08-15 04:49 ]

[ This Message was edited by: on 2002-08-15 04:55 ]


Direct link Reply with quote
 

Gabriela Frazao  Identity Verified
Portugal
Local time: 13:15
Member (2002)
English to Portuguese
+ ...
Todas as vossas interven√ß√Ķes s√£o pertinentes Aug 3, 2002

Prometo que vou actuar, junto do Henry, no sentido de serem revistas as condi√ß√Ķes de acesso ao ProZ.



Mas, neste momento, estou muito aflita a acabar um trabalho.



Espero que compreendam e n√£o julguem que estou a descorar o meu papel de moderadora.



Abraços



Direct link Reply with quote
 

Ana Luiza Iaria  Identity Verified
Local time: 13:15
Member (2006)
English to Portuguese
+ ...
Concordo em tudo... Aug 3, 2002

A mensagem da Adriana veio mesmo a calhar. Minha anuidade do Proz vence no final do ano e ja decidi que nao a renovarei. O que era uma promessa de um grande sítio para nós tradutores, sempre sozinhos e enterrados em frente ao computador, virou um mercado persa de pechinchas e artigos de qualidade duvidosa. O criterio de selecao dos trabalhos deve ser rigorosamente o de preco por parte dos contratantes. Ja aconteceu de eu mandar meu bid para um trabalho da minha area, que exigia um programa do qual tenho muito conhecimento e nada. No dia seguinte, uma colega em lista de tradutor perguntando se alguem conhecia o tal programa, como se traduzia isso e aquilo...

Voltando ao tema principal: o Kudoz deveria ser eliminado. Ja exteriorizei esta ideia para o Henry e a resposta que obtive foi que o Kudoz era extremamente popular, pois trazia tráfego ao proz. Claro, com os freeloaders traduzindo o que nao tem compentencia, o que é mais barato: perguntar no proz, onde sempre tem alguem disposto a ajudar em troca de uns pontos, ou comprar dicionarios e investir em curso? Vcs ja conhecem a resposta.

Desde o inicio, qd percebi como funcionava o Kudoz eu deixei de participar. Nao, nao vou traduzir para portugues Stock market.

Meus tuppence para esta discussao e ano que vem pretendo economizar 120 dolares, pra mi, 80 libras, que nunca me renderam sequer um pennny. Imagino o quanto custa para quem nao ganha em libras.

Eu tambem nao sou ranzinza, but being taken for a ride...

Ana
[addsig]


Direct link Reply with quote
 

Bruno Magne  Identity Verified
Local time: 09:15
English to French
+ ...
Paciência... Aug 3, 2002

Sendo imposs√≠vel, em nome da liberdade, acabar com os abusos dos Kudoz, a √ļnica solu√ß√£o que eu achei foi desativar os pedidos de \"ajuda\". Eu vou l√° s√≥ quando quero.



Sobre \"perder\" um bid, n√£o vejo as coisas assim. Quando ocorre, digo-me que eu deixei de ganhar, porque venceu um colega mais qualificado.

Assim como existem os bons e maus tradutores, existem os bons e maus clientes, sendo os maus os que oferecem honorários baixos, sabendo que sempre haverá alguém para topar. Se esse alguém for bom, o cliente fica feliz. Caso contrário, alguém se dará mal.

Isso para dizer que a seleção dos tradutores não é apenas uma questão de dinheiro, mas sim de qualificação e seriedade.

Pessoalmente, tenho conseguido v√°rios e excelentes contratos atrav√©s de Proz.com, mesmo com o Porugu√™s n√£o sendo a minha l√≠ngua \"materna\", o que me permite pagar a minha anuidade sem problema nenhum. √Č um investimento, n√£o um gasto.



Não quero ser elitista, mas para mim quem é sócio Platinum é um tradutor mesmo e é \"colega\".



Os outros, eu ignoro, pois tenho mais a fazer.



Cordialmente

Bruno Magne


Direct link Reply with quote
 
Ricardo Almeida
United States
Local time: 08:15
English to Portuguese
+ ...
As regras s√£o claras. Aug 3, 2002

Quem paga tem privilégios.

As mudanças no Proz devem ser feitas pelos responsáveis pelo site.

Quem contrata os serviços de tradução são os clientes. A decisão está nas mãos deles.

A lei da oferta e da procura ainda est√° vigente.

Quem é bom não teme uma boa competição.

Seja um destaque na multid√£o e espere o reconhecimento.

[ This Message was edited by: on 2002-08-03 21:17 ]


Direct link Reply with quote
 
tradusport  Identity Verified
Portugal
Local time: 13:15
Portuguese to French
+ ...
critérios Aug 3, 2002

Como já tive a ocasião de o dizer ao Bruno,não concordo com o facto do dinheiro ser um critério de qualidade.

Que o site precise de dinheiro para poder continuar a funcionar é um facto, mas penso que o facto de pagar uma subscrição não é em nada sinónimo de qualidade. Aliás, não se poderá dizer que apesar de ter sido instaurado este sistema, a qualidade do site tenha melhorado nem que isso veio travar os

tais abusos de tradutores \" de meia tigela\" . Na minha opini√£o o dinheiro n√£o pode ser factor de discrimina√ß√£o. H√° que procurar outros meios mais eficazes de \" filtragem\", para tentar impedir invas√Ķes de pedidos desapropositados. Pessoalmente gosto de ajudar quando posso, mas concordo com o que disse uma colega: um tradutor profissional s√≥ recorre a proz quando esgotou todas as outras possibilidades de pesquisas ou que precisa mesmo de confrontar op√ß√Ķes .





Direct link Reply with quote
 

Rafa Lombardino
United States
Local time: 05:15
Member (2005)
English to Portuguese
+ ...
Palmas! Aug 4, 2002

Tiro o chapéu para a mensagem de Ricardo Almeida!

Direct link Reply with quote
 

Jeovane Cazer  Identity Verified
Brazil
Local time: 09:15
English to Portuguese
+ ...
Será só imaginação??:) Aug 4, 2002

Pessoalmente, sempre que tenho uma d√ļvida em rela√ß√£o a algum termo ou palavra e pe√ßo a ajuda de honrados e experientes colegas √© porque eu quero uma opini√£o de algu√©m mais \"experiente\", e nem sempre eu acho que a resposta seja satisfat√≥ria. Eu confiro sempre as tradu√ß√Ķes que os colegas ,gentilmente, sugerem. Quanto aos trabalhos, concordo com o ricardo almeida; no capitalismo √© assim, e no nosso meios n√£o seria diferente.

Direct link Reply with quote
 

Adriana Caraccio Morgan, Dip Trans IOL  Identity Verified
Brazil
Local time: 09:15
Member (2010)
English to Portuguese
+ ...
TOPIC STARTER
O problema não é a concorrência... Aug 4, 2002

Ricardo, e demais,



Não tenho medo da concorrência, e concordo que estamos no mercado livre, a lei da oferta e da procura continua valendo, etc etc etc. O problema não é esse. O problema é uma pessoa claramente incapaz querer fazer um trabalho, colocando um monte de perguntas, inclusive sentenças completas, para serem traduzidas por colegas/tradutores profissionais. Esse é o problema. Acho que todos que se consideram profissionais da tradução deveriam se preocupar com isso e protestar!



Ficou claro que \"Penn\" não fazia a menor idéia do que se tratava o texto, não tinha a menor condição de encarar uma tradução profissional naquela área. Perguntar o que é \"The General Meeting\", \"New Shares\", \"Old Shares\", \"upside\" etc é demais!!! Pior - nem dicionário tem! Ou não quis abrir...



O que me incomoda é gente que cai de pára-quedas e se acha tradutor. Tudo bem, quer pegar trabalhos, pega, azar do cliente - mas faça o trabalho sozinho, oras!!!



Só quis esclarecer porque estou sentindo em algumas respostas que estão achando que há um medo da concorrência da minha parte e dos demais que me apoiaram. Digo por mim que não temo a concorrência, aliás, acho muito saudável que haja concorrência. Mas não considero \"Penn\" como concorrência - considero como um logro, uma mentira.



Al√©m disso, o fato de n√£o ter nenhuma informa√ß√£o, pseud√īnimo etc, n√£o me soa bem. Pra mim, isso √© coisa de quem tem algo a esconder. Portanto, como pagante do site, n√£o quero que ele se transforme em ref√ļgio de pessoas que n√£o s√£o profissionais. Se √© pro ProZ ser um site em que esse comportamento √© aceito e at√© defendido, n√£o renovarei minha assinatura e nem continuarei a participar - pois n√£o √© a minha praia. Sou uma profissional super s√©ria e acho que a nossa profiss√£o j√° √© t√£o maltratada com as primas que est√£o no \'buk-to\' (book 2) do ingl√™s, o pessoal que passou duas semanas em Miami e acha que fala ingl√™s etc e tal... Por isso, n√£o posso aceitar esse tipo de comportamento, pois prejudicar√° a todos n√≥s.



Abraço,



Adriana

Santos - SP


Direct link Reply with quote
 

Bruno Magne  Identity Verified
Local time: 09:15
English to French
+ ...
E mais paciência... Aug 5, 2002

Oi, colegas



N√£o percam as esperan√ßas: de acordo com o Henry, a equipe do Proz est√° estudando a possibilidade de limitar o n√ļmero di√°rio de perguntas para todos aqueles que n√£o forem membros Platinum. Parece que o m√°ximo ser√° de 5 perguntas por dia.



Pessoalmente, acho que vocês estão confundindo dois debates: um sobre os abusos dos Kudos. Isso vai acabar logo, logo...



O outro debate diz respeito aos honorários. Acho errado afirmar que os honorários estão caindo por causa de nós, dos países ditos emergentes.



No Brasil, paga-se o que o mercado acha que deva pagar. Quem j√° trazudiu um livro para uma editora saber√° do que eu estou falando.



Quantos de nós não começaram a pedido de um amigo ou de um conhecido e como não fazíamos idéia de quanto cobrar, cobrávamos migalhas?

E felizes, pois hava comida à mesa!



Como eu já disse, trabalho (cada vez mais) com agências européias e elas me pagam o mesmo valor que pagam para os colegas europeus. Nem cogitam em pedir redução: o que elas querem é um trabalho de alta qualidade, dentro dos prazos, sempre apertados obviamente. Nada muito diferente daqui.



Como diz Ricardo quem é bom não teme.



Boa semana a todos, tchê!


Direct link Reply with quote
 
Pages in topic:   [1 2] >


To report site rules violations or get help, contact a site moderator:


You can also contact site staff by submitting a support request »

quem gosta de trabalhar de graça?

Advanced search






Lilt
Translators like you are producing higher quality translations faster with Lilt!

After years of research at Stanford University, Lilt has introduced a revolutionary new tool that will change the way you translate. Lilt learns how you translate to give you more personalized suggestions. Be more productive today! Use it FOR FREE!

More info »
TMreserve
Wake up in the Morning and see that you have sold TMs and made Money overnight



The TM Market Place for Translators
New: Our Instant TM Download
TM owners: Upload your TMs into the online database
Customers: Analyse your text & instantly download a text-specific TM
Well over 1.2 BILLION translation units

More info »



All of ProZ.com
  • All of ProZ.com
  • Term search
  • Jobs