KudoZ home » English to Portuguese » Astronomy & Space

backward loops

Portuguese translation: movimento retrógrado

Advertisement

Login or register (free and only takes a few minutes) to participate in this question.

You will also have access to many other tools and opportunities designed for those who have language-related jobs
(or are passionate about them). Participation is free and the site has a strict confidentiality policy.
GLOSSARY ENTRY (DERIVED FROM QUESTION BELOW)
English term or phrase:backward loops
Portuguese translation:movimento retrógrado
Entered by: RoBelinky
Options:
- Contribute to this entry
- Include in personal glossary

19:33 Aug 25, 2008
English to Portuguese translations [PRO]
Science - Astronomy & Space / planet movement
English term or phrase: backward loops
Copernicus thought that the occasional backward loops in the movement of some planets did not support the theory.
RoBelinky
Brazil
Local time: 08:01
movimento retrógrado
Explanation:
loop=laço, movimento/backwards=p.trás.

--------------------------------------------------
Note added at 36 mins (2008-08-25 20:10:14 GMT)
--------------------------------------------------

Copérnico supunha q. o movimento retrógrado ocasional de alguns planetas representavam um contra-exemplo à sua teoria.

--------------------------------------------------
Note added at 5 hrs (2008-08-26 01:23:19 GMT)
--------------------------------------------------

Movimento Retrógrado de Marte
Por Marcus Vinícius Costa Duarte
Vários cientistas, como Johannes Kepler, Tycho Brahe, tentaram explicar esse grande enigma do céu. Kepler foi quem soube explicar pela primeira vez esse movimento até então questionadíssimo pelos cientistas da época. Com anotações de seu amigo, Tycho Brahe, que em seu leito de morte, falou para Johannes Kepler, seu parceiro nas observações, que não deixasse sua vida ter sido em vão. Depois disso, Kepler resolveu definitivamente em entender o céu e passou noites mergulhados em cálculos. Com as anotações de Tycho, Kepler descobre que as órbitas dos planetas são elípticas e que assim como a Terra, Marte também gira em torno do Sol, que por sua vez aplicara o heliocentrismo, ou seja, o Sol era o centro do Universo e atuante no movimento dos planetas. Tendo essas informações, Kepler chegou na explicação do estranho movimento de Marte. Agora vou explicar o que é esse movimento e como ele funciona.
Como isso acontece???
Isso ocorre porque Marte como um planeta exterior tem uma velocidade orbital menor e uma órbita maior que a da Terra, por isso demora mais tempo para dar uma volta em torno do Sol(translação)e conseqüentemente um ano de 687 dias terrestres. A Terra com uma órbita menor e uma velocidade maior, ultrapassa Marte a cada 2 anos, assim tendo a impressão de que ele volta no movimento do céu, para um observador na Terra. É como se você estivesse numa auto-estrada e ultrapassasse um carro, no momento que você se aproxima e ultrapassa o veículo, tem a impressão de que o carro está andando pra trás, mas é você que está andando mais rápido. Você observa que está se movimentando mais rápido que o outro carro, mas isso não ocorre no caso do movimento da Terra, tendo uma velocidade maior que Marte. A mudança do movimento direto(normal) que o planeta faz para o movimento para trás(retrógrado) e vice-versa é chamado de estacionário. Como observadores terrestres, não temos noção da nossa velocidade pelo espaço.


--------------------------------------------------
Note added at 5 hrs (2008-08-26 01:26:26 GMT)
--------------------------------------------------

Movimento Retrógrado
John Cirillo
O Movimento Retrógrado é o movimento orbital de um corpo numa direcção oposta à normal nos corpos espaciais num dado sistema.
Quando se observa o céu, espera-se que a maioria dos objectos se pareça mover numa dada direcção com a passagem da hora. O movimento aparente da maioria dos corpos no céu é de Este para Oeste. Contudo, é possível observar um corpo a mover-se de Oeste para Este, como por exemplo um satélite artificial ou uma nave que esteja a orbitar em direcção a Este. Esta órbita é considerada um Movimento Retrógrado.
O Movimento Retrógrado é muitas vezes usado como referência para o movimento dos planetas exteriores (Marte, Júpiter, Saturno e assim por diante). Ainda que estes planetas se pareçam mover de Este para Oeste numa base nocturna em resposta à rotação da Terra, eles estão a desviar-se lentamente para Este em relação às estrelas estacionárias, o que poderá ser observado se anotar a posição destes planetas durante várias noites seguidas. Este movimento é normal para estes planetas, contudo, e não é considerado um Movimento Retrógrado. Contudo, dado que a Terra termina a sua órbita num período de tempo mais curto que esses planetas exteriores, normalmente vê-se um planeta exterior como um carro mais rápido numa auto-estrada com várias faixas. Quando isto ocorre, o planeta que está a passar irá parecer parar primeiro o seu desvio para Este e irá parecer que se desloca de volta para Oeste. Isto é o Movimento Retrógrado, dado que está numa direcção oposta à típica dos planetas. Finalmente, à medida que a Terra se move para lá do planeta na sua órbita, este parecerá continuar o seu desvio normal de Oeste-para-Este nas noites sucessivas.
Este Movimento Retrógrado dos planetas confundia os antigos astrónomos Gregos e foi uma razão pela qual eles nomeavam estes corpos de “planetas” o que em Grego significa “viajante”.



--------------------------------------------------
Note added at 5 hrs (2008-08-26 01:31:18 GMT)
--------------------------------------------------

Still, the undeniable strength of Copernicus's work lay in its appeal to simplicity. The rotation of the earth made unnecessary the daily revolution of thousands of stars. The orbital motion of the earth fitted perfectly with its period of 365 days into the sequence set by the periods of other planets. Most importantly, the heliocentric ordering of planets eliminated the need to think of the retrograde motion of the planets as a physical reality. In the tenth chapter of the first book Copernicus made the straightforward statement: "In the center rests the sun. For who would place this lamp of a very beautiful temple in another or better place than this wherefrom it can illuminate everything at the same time."



--------------------------------------------------
Note added at 6 hrs (2008-08-26 01:37:11 GMT)
--------------------------------------------------

Despite its advantages, heliocentrism was not without physical, observational, and theological problems. A revolving and rotating Earth violated several long-established Aristotelian principles, including the tendency of dropped bodies to fall to Earth at the center of the universe. Copernicus held that bodies fell because they tended to rejoin the spherical bodies of which they had been a part. For the Peripatetics, objects on a rotating Earth would be flung off, and objects thrown aloft should then land to the west of the point from which they were thrown. Copernicus responded that bodies on Earth or above it share in its circular motion. To the charge that observations made from an orbiting Earth should show stellar parallax, a change in the apparent position of the stars in the course of a year, Copernicus answered that a parallax could not be observed because the stars were much farther than had been believed.

Selected response from:

marco lessa
Brazil
Local time: 08:01
Grading comment
Incrível a sua pesuisa, muito obrigada!
4 KudoZ points were awarded for this answer

Advertisement


Summary of answers provided
5 +2movimento retrógradomarco lessa
4voltas em retrocesso
Roberto Cavalcanti
4giros para trásrhandler


  

Answers


1 hr   confidence: Answerer confidence 4/5Answerer confidence 4/5
giros para trás


Explanation:
A frase ficará: "Copernico acreditava que os eventuais giros para trás no movimento de alguns planetas não apoiavam a teoria."

rhandler
Local time: 08:01
Native speaker of: Portuguese
Login to enter a peer comment (or grade)

1 hr   confidence: Answerer confidence 4/5Answerer confidence 4/5
voltas em retrocesso


Explanation:
diria assim

Roberto Cavalcanti
Brazil
Local time: 08:01
Native speaker of: Portuguese
PRO pts in category: 4
Login to enter a peer comment (or grade)

30 mins   confidence: Answerer confidence 5/5 peer agreement (net): +2
movimento retrógrado


Explanation:
loop=laço, movimento/backwards=p.trás.

--------------------------------------------------
Note added at 36 mins (2008-08-25 20:10:14 GMT)
--------------------------------------------------

Copérnico supunha q. o movimento retrógrado ocasional de alguns planetas representavam um contra-exemplo à sua teoria.

--------------------------------------------------
Note added at 5 hrs (2008-08-26 01:23:19 GMT)
--------------------------------------------------

Movimento Retrógrado de Marte
Por Marcus Vinícius Costa Duarte
Vários cientistas, como Johannes Kepler, Tycho Brahe, tentaram explicar esse grande enigma do céu. Kepler foi quem soube explicar pela primeira vez esse movimento até então questionadíssimo pelos cientistas da época. Com anotações de seu amigo, Tycho Brahe, que em seu leito de morte, falou para Johannes Kepler, seu parceiro nas observações, que não deixasse sua vida ter sido em vão. Depois disso, Kepler resolveu definitivamente em entender o céu e passou noites mergulhados em cálculos. Com as anotações de Tycho, Kepler descobre que as órbitas dos planetas são elípticas e que assim como a Terra, Marte também gira em torno do Sol, que por sua vez aplicara o heliocentrismo, ou seja, o Sol era o centro do Universo e atuante no movimento dos planetas. Tendo essas informações, Kepler chegou na explicação do estranho movimento de Marte. Agora vou explicar o que é esse movimento e como ele funciona.
Como isso acontece???
Isso ocorre porque Marte como um planeta exterior tem uma velocidade orbital menor e uma órbita maior que a da Terra, por isso demora mais tempo para dar uma volta em torno do Sol(translação)e conseqüentemente um ano de 687 dias terrestres. A Terra com uma órbita menor e uma velocidade maior, ultrapassa Marte a cada 2 anos, assim tendo a impressão de que ele volta no movimento do céu, para um observador na Terra. É como se você estivesse numa auto-estrada e ultrapassasse um carro, no momento que você se aproxima e ultrapassa o veículo, tem a impressão de que o carro está andando pra trás, mas é você que está andando mais rápido. Você observa que está se movimentando mais rápido que o outro carro, mas isso não ocorre no caso do movimento da Terra, tendo uma velocidade maior que Marte. A mudança do movimento direto(normal) que o planeta faz para o movimento para trás(retrógrado) e vice-versa é chamado de estacionário. Como observadores terrestres, não temos noção da nossa velocidade pelo espaço.


--------------------------------------------------
Note added at 5 hrs (2008-08-26 01:26:26 GMT)
--------------------------------------------------

Movimento Retrógrado
John Cirillo
O Movimento Retrógrado é o movimento orbital de um corpo numa direcção oposta à normal nos corpos espaciais num dado sistema.
Quando se observa o céu, espera-se que a maioria dos objectos se pareça mover numa dada direcção com a passagem da hora. O movimento aparente da maioria dos corpos no céu é de Este para Oeste. Contudo, é possível observar um corpo a mover-se de Oeste para Este, como por exemplo um satélite artificial ou uma nave que esteja a orbitar em direcção a Este. Esta órbita é considerada um Movimento Retrógrado.
O Movimento Retrógrado é muitas vezes usado como referência para o movimento dos planetas exteriores (Marte, Júpiter, Saturno e assim por diante). Ainda que estes planetas se pareçam mover de Este para Oeste numa base nocturna em resposta à rotação da Terra, eles estão a desviar-se lentamente para Este em relação às estrelas estacionárias, o que poderá ser observado se anotar a posição destes planetas durante várias noites seguidas. Este movimento é normal para estes planetas, contudo, e não é considerado um Movimento Retrógrado. Contudo, dado que a Terra termina a sua órbita num período de tempo mais curto que esses planetas exteriores, normalmente vê-se um planeta exterior como um carro mais rápido numa auto-estrada com várias faixas. Quando isto ocorre, o planeta que está a passar irá parecer parar primeiro o seu desvio para Este e irá parecer que se desloca de volta para Oeste. Isto é o Movimento Retrógrado, dado que está numa direcção oposta à típica dos planetas. Finalmente, à medida que a Terra se move para lá do planeta na sua órbita, este parecerá continuar o seu desvio normal de Oeste-para-Este nas noites sucessivas.
Este Movimento Retrógrado dos planetas confundia os antigos astrónomos Gregos e foi uma razão pela qual eles nomeavam estes corpos de “planetas” o que em Grego significa “viajante”.



--------------------------------------------------
Note added at 5 hrs (2008-08-26 01:31:18 GMT)
--------------------------------------------------

Still, the undeniable strength of Copernicus's work lay in its appeal to simplicity. The rotation of the earth made unnecessary the daily revolution of thousands of stars. The orbital motion of the earth fitted perfectly with its period of 365 days into the sequence set by the periods of other planets. Most importantly, the heliocentric ordering of planets eliminated the need to think of the retrograde motion of the planets as a physical reality. In the tenth chapter of the first book Copernicus made the straightforward statement: "In the center rests the sun. For who would place this lamp of a very beautiful temple in another or better place than this wherefrom it can illuminate everything at the same time."



--------------------------------------------------
Note added at 6 hrs (2008-08-26 01:37:11 GMT)
--------------------------------------------------

Despite its advantages, heliocentrism was not without physical, observational, and theological problems. A revolving and rotating Earth violated several long-established Aristotelian principles, including the tendency of dropped bodies to fall to Earth at the center of the universe. Copernicus held that bodies fell because they tended to rejoin the spherical bodies of which they had been a part. For the Peripatetics, objects on a rotating Earth would be flung off, and objects thrown aloft should then land to the west of the point from which they were thrown. Copernicus responded that bodies on Earth or above it share in its circular motion. To the charge that observations made from an orbiting Earth should show stellar parallax, a change in the apparent position of the stars in the course of a year, Copernicus answered that a parallax could not be observed because the stars were much farther than had been believed.



marco lessa
Brazil
Local time: 08:01
Native speaker of: Native in PortuguesePortuguese
PRO pts in category: 4
Grading comment
Incrível a sua pesuisa, muito obrigada!

Peer comments on this answer (and responses from the answerer)
agree  Flavia Martins dos Santos
20 mins
  -> Thanks, Flávia. Best. We both Martins...

agree  Marcos Antonio
3 hrs
  -> Thanks.Best.
Login to enter a peer comment (or grade)




Return to KudoZ list


KudoZ™ translation help
The KudoZ network provides a framework for translators and others to assist each other with translations or explanations of terms and short phrases.



See also:



Term search
  • All of ProZ.com
  • Term search
  • Jobs
  • Forums
  • Multiple search