KudoZ home » English to Portuguese » General / Conversation / Greetings / Letters

Got to go

Portuguese translation: Tenho que ir

Advertisement

Login or register (free and only takes a few minutes) to participate in this question.

You will also have access to many other tools and opportunities designed for those who have language-related jobs
(or are passionate about them). Participation is free and the site has a strict confidentiality policy.
GLOSSARY ENTRY (DERIVED FROM QUESTION BELOW)
English term or phrase:Got to go
Portuguese translation:Tenho que ir
Entered by: Claudia da Matta
Options:
- Contribute to this entry
- Include in personal glossary

00:58 Mar 4, 2004
English to Portuguese translations [Non-PRO]
General / Conversation / Greetings / Letters / talking
English term or phrase: Got to go
I 'got to go'.
Samantha
tenho que ir
Explanation:
Eu tenho que ir.
Selected response from:

Claudia da Matta
United States
Local time: 07:53
Grading comment
thank you
4 KudoZ points were awarded for this answer

Advertisement


Summary of answers provided
5 +10tenho que ir
Claudia da Matta
5 +5Tenho de irAntónio Ribeiro


  

Answers


1 min   confidence: Answerer confidence 5/5 peer agreement (net): +10
got to go
tenho que ir


Explanation:
Eu tenho que ir.

Claudia da Matta
United States
Local time: 07:53
Native speaker of: Portuguese
Grading comment
thank you

Peer comments on this answer (and responses from the answerer)
agree  ana claudia jorge: faço apenas uma observação: o correcto é dizer "tenho de ir", embora correntemente se use muito o "tenho que" nesta acepção. confesso que também não sabia, encontrei a explicação no site www.ciberduvidas.com, que versa o português das várias nações
31 mins
  -> Talvez em Portugal, como indicado no ciberdúvidas, pois no Brasil é a regência popular. Há 21.100 ocorrências no Google para "tenho que ir" e 3.340 para "tenho de ir".

agree  Paulo Celestino Guimaraes
1 hr
  -> Obrigada, Paulo.

agree  Sormane Fitzgerald Gomes: ‘tenho que’ é bastante apropriado, aqui no caso, uma vez que ‘got to go’ é uma linguagem informal no inglês. Nem sempre o que é mais correto gramaticalmente é o mais adequado para uma tradução.
1 hr
  -> Obrigada, Sormane.

agree  Claudio Mazotti
4 hrs
  -> Obrigada, klausinSP.

agree  Marcelo Fogaccia
10 hrs
  -> Obrigada, Marcelo.

agree  Carla Araújo: "tenho que" e "tenho de" são variantes regionais, sendo que a 1ª é mais utilizada no Norte e a 2ª no Sul de Portugal
10 hrs
  -> Obrigada, Ccastelo. Pois é, não deixa de ser a mesma coisa dependendo de onde a pessoa está, mas os colegas adoram uma polêmica. Além disso, tentam ganhar os pontos...

agree  Cecilia Bartalotti: "tenho de" é mais correto, mas num contexto informal ("talking" é o contexto aqui) ficaria artificial, pelo menos em Pt-Br
12 hrs
  -> Exato, mas leve em consideração que "I got to go" é informal.

agree  karina koguta
14 hrs
  -> Obrigada, Karina.

agree  rhandler
16 hrs
  -> Obrigada, rhandler.

agree  Roberto Cavalcanti
9 days
  -> Obrigada, Roberto.
Login to enter a peer comment (or grade)

3 hrs   confidence: Answerer confidence 5/5 peer agreement (net): +5
Tenho de ir


Explanation:
É a maneira correcta, tanto em BR como em PT. No entanto é comum dizer-se "tenho que ir".

Basta ver o que dizem os entendidos:

1)

http://hildebrando.com.br/info/145.htm

ter de, ter que –

Encontramos no Aurélio que o verbo ter "seguido da preposição de, indica necessidade, interesse, obrigação ou dever. Exs.: Tenho de ir a São Paulo. – Por que tem você de sair? – Também se usa seguido de que, construção essa considerada, em geral, menos recomendável".


2)

http://portrasdasletras.folhadaregiao.com.br/tira-duvidast.h...

"Ter que" ou "ter de"?
Não há uma regra definitiva. Existem duas regras que estão se tornando consenso. Elas vão transcritas abaixo. Na dúvida, o leitor deve escolher a que mais lhe convier.
1) Recomenda-se o uso de “ter que” quando se subentende alguma coisa antes do “que”. Exemplos: Tenho muito (muitas coisas) que fazer hoje. / Tinha (coisas) que fazer. /Terá explicações que lhe fazer.
2) Aconselha-se o uso de “ter de” se antes do “de” se subentende alguma necessidade ou obrigação. Exemplos: Tenho (obrigação ou necessidade) de fazer isso hoje./ Tinha (necessidade) de comprar o remédio. / Temos obri-gação de prevenir tudo.
Na verdade, o leitor deve escolher a que mais lhe convier.


3)

http://kplus.cosmo.com.br/materia.asp?co=39&rv=Gramatica

Ter de / Ter que

Faz tempo prometi tratar deste assunto. Começo dizendo que as duas frases estão corretamente redigidas:

Os autores tiveram que se desfazer do negócio.
Os autores tiveram de se desfazer do negócio.

A forma original – como ensina longamente Napoleão Mendes de Almeida – é ter de, no sentido de "obrigação, necessidade": temos de fechar o negócio agora; ele teve de sair; as crianças têm de dormir cedo. Ter que seria reservado para expressar "coisas que, algo", como por exemplo: Tenho muito que fazer, isto é, tenho muitas coisas que fazer (por fazer). Porém houve uma evolução do ‘que’ na direção da obrigatoriedade. Ao falante atual a diferença está mais na repercussão sonora e na força expressiva do que no aspecto histórico. Se ter de soa mais culto, ter que é a forma mais viva, da linguagem corrente.

Aceitando-se que as duas formas estejam corretas, o que sugiro em frases mais longas é usar o "de" quando já existam outros "ques", e usar "que" num contexto de muitos "des". Exemplos:

É intolerável que o povo tenha de pagar o pato. [Em vez de: É intolerável que o povo tenha que pagar o pato]
Depois de fazer as contas, temos que proceder aos pagamentos devidos. [Melhor do que: Depois de fazer as contas, temos de proceder aos pagamentos devidos]
A necessidade de ter que lutar a fim de garantir um trabalho permeia a vida de todos.
É vergonhoso que os pais tenham de se submeter a tantas dificuldades para ver os filhos na escola.

No mais, deixando a gramatiquice de lado, a escolha é pessoal.

4)

http://ciberduvidas.sapo.pt/php/resposta.php?corpo=9|0297

Tema
Ter de
Pergunta/Resposta
Em que situações se emprega «ter de» e «ter que»?
Paulo Andrade
Lisboa

«Ter de» emprega-se em frases como «tenho de fazer alguma coisa», que é elíptica por «tenho necessidade de fazer alguma coisa», onde o «de» é uma preposição que precede o substantivo verbal «fazer».
«Ter que» utiliza-se em frases como «tenho que fazer», que é elíptica por «tenho alguma coisa que fazer», onde o «que» é um pronome relativo, cujo antecedente é, clara ou ocultamente, «coisa». (Esta dúvida foi também levantada pelo consulente Carlos Alves) Cf. Respostas Anteriores.

Segundo Rodrigo de Sá Nogueira, «Dicionário de Erros e Problemas de Linguagem», pag. 356, 2ª edição, Livraria Clássica Editora, Lisboa, 1974.


PS. A Claudia que me desculpe se estou a insistir em algo já "mastigado"!


António Ribeiro
Local time: 00:53
Works in field
Native speaker of: Native in PortuguesePortuguese
PRO pts in category: 11

Peer comments on this answer (and responses from the answerer)
agree  stellina86
5 hrs

agree  SCosta
6 hrs

agree  CristinaPereira: "Ter que" é um galicismo já generalizado na linguagem verbal. Mas a forma correcta é "ter de", efectivamente
6 hrs

agree  Marcelo Fogaccia: É o mais correto, mas vai soar falso se o texto for informal.
6 hrs
  -> Ter de ou ter que - não tem nada a ver com o ser, ou não ser, informal.

agree  Vanessa Marques
1 day12 hrs
Login to enter a peer comment (or grade)




Return to KudoZ list


KudoZ™ translation help
The KudoZ network provides a framework for translators and others to assist each other with translations or explanations of terms and short phrases.



See also:



Term search
  • All of ProZ.com
  • Term search
  • Jobs
  • Forums
  • Multiple search