Off topic: Falar português é dar a volta ao mundo!
Thread poster: Maria Luisa Duarte

Maria Luisa Duarte  Identity Verified
Spain
Local time: 08:30
English to Portuguese
+ ...
Jan 7, 2004

Caros colegas!

Aproveito uma vez mais este espaço para compartir com todos um pouco da história da nossa língua e também para desejar um feliz 2004 com muito trabalho.
Um abraço
MLD

O português europeu:

N√£o se sabe exactamente em que medida o portugu√™s europeu ter√° sido influenciado, na sua evolu√ß√£o, pelo fen√≥meno da expans√£o ultramarina (para al√©m dos vocabul√°rios ex√≥ticos acolheu um n√ļmero consider√°vel de arabismos, por contactos no Oriente e no norte de √Āfrica). Prossegue o movimento de regulariza√ß√£o das estruturas gramaticais que vinha do portugu√™s medieval, a l√≠ngua da corte (entenda-se: de Lisboa) √© apresentada pelos gram√°ticos como padr√£o lingu√≠stico, a l√≠ngua de grandes escritores (Cam√Ķes, p. ex.) adquire uma projec√ß√£o exemplar, o l√©xico enriquece-se com importa√ß√Ķes do latim e do grego, vindas directamente ou atrav√©s do castelhano.
No plano oral, os dialectos desenham um mapa muito semelhante ao moderno: dialectos mais diferenciados e conservadores a norte das Beiras, mais nivelados no sul do pa√≠s e nos arquip√©lagos da Madeira e dos A√ßores. Enquanto no norte se mant√©m o sistema das quatro sibilantes, prevalece no sul (e na pron√ļncia padr√£o) o sistema simplificado de duas sibilantes predorsais; esta oposi√ß√£o √© refor√ßada por algumas diferen√ßas de comportamento a n√≠vel do vocalismo.
√Č pelo s√©c. XVII que se generaliza em Portugal um fen√≥meno de eleva√ß√£o das vogais fechadas e e o em posi√ß√£o pret√≥nica, que passam a ser pronunciadas respectivamente como e mudo [@] e como [u] e que, modernamente, chegam mesmo a desaparecer. Pode ser que esta eleva√ß√£o tivesse ra√≠zes medievais; afinal, j√° ocorrera com o ‚Äďo em posi√ß√£o final. Mas quando se generaliza no reino, j√° estava instalada no Brasil uma variedade anterior a esta evolu√ß√£o, raz√£o por que palavras como metodologia soam diferentemente em bocas portuguesas e brasileiras, sendo estas as mais conservadoras.
Mant√©m-se viva a distin√ß√£o antiga entre a fricativa palatal surda [Ň°], representada pela grafia x, e a africada correspondente [tŇ°], escrita com ch. S√≥ no s√©c. XVIII, e apenas nos dialectos do sul, esta africada desapareceria.
√Č neste mesmo s√©culo que o ‚Äďs em posi√ß√£o final (de s√≠laba ou enunciado) adquire a sua actual pron√ļncia palatal, a qual parece ter sido levada para o Brasil pela corte de D. Jo√£o VI, onde afectou apenas o dialecto da capital.
O som do portugu√™s europeu n√£o sofreu, depois disto, altera√ß√Ķes significativas, para l√° de uma tend√™ncia, que talvez n√£o seja t√£o moderna como parece, para articular fracamente as vogais √°tonas, o que tem efeitos sobre a estrutura das s√≠labas e o remate dos voc√°bulos.

Fora da Europa, o português teve dois tipos específicos de actuação:

a) ainda no s√©c. XVI, instalou-se com dialectos transplantados de Portugal em territ√≥rios como o Brasil e a √ćndia, onde teve desenvolvimentos pr√≥prios, com grande autonomia em rela√ß√£o √† variedade europeia, chegando aos nossos dias com plena vitalidade no primeiro caso e em estado de rel√≠quia no segundo;

b) ao longo do litoral africano e asi√°tico, associou-se a l√≠nguas locais para produzir pidgins e crioulos, possivelmente segundo uma matriz √ļnica (um protocrioulo portugu√™s) que explicaria as semelhan√ßas entre l√≠nguas que nunca tiveram contacto. Este processo deu, como resultados modernos, a situa√ß√£o lingu√≠stica de Cabo Verde, Guin√©-Bissau, S√£o Tom√© e certas √°reas do √ćndico.

Este processo de crioulização também ocorreu no Brasil, mas uma maciça imigração europeia, constante desde o séc. XVI até ao XX, levou a que prevalecesse o primeiro tipo. O mesmo aconteceu ao Angola e em Moçambique, com a imigração do séc. XIX e XX.

As duas variantes principais, a europeia e a brasileira, oferecem desde logo uma possibilidade de escolha diversificada a quem se decidir pela sua aprendizagem. Os temperamentos mais resolutos ser√£o atra√≠dos pelo vigor conson√Ęntico do portugu√™s europeu, que seduz com falsas sonoridades eslavas, enquanto os mais sens√≠veis √† musicalidade da l√≠ngua preferir√£o o "portugu√™s com a√ß√ļcar" falado no Brasil.

Em ambos os casos, aprender português significa também aprender um pouco de várias outras línguas. Do árabe a línguas africanas, como o quimbundo, ou a línguas ameríndias, como o tupi, todas deixaram marcas ainda hoje presentes. Por outro lado, algumas dezenas de palavras japonesas de uso corrente são de origem portuguesa, porque foram portugueses os primeiros europeus a chegar ao Japão. Falar português é dar a volta ao mundo.

Aprendendo portugu√™s, ser√° capaz de pronunciar correctamente nomes que fazem parte do patrim√≥nio universal: de Vasco da Gama a Fern√£o de Magalh√£es, de Lu√≠s de Cam√Ķes a Fernando Pessoa ou Jos√© Saramago.
¬© Instituto Cam√Ķes, 2001


 

Harry Bornemann  Identity Verified
Mexico
English to German
+ ...
Muito interessante Jan 7, 2004

..but I will never be able to speak or understand any type of spoken Portugueseicon_cry.gif

Obrigado,
Harry


 

rhandler  Identity Verified
Local time: 03:30
Spanish to Portuguese
+ ...
Ainda assim, tem mais CURRY do que CARIL Jan 11, 2004

√Č triste ver que os esfor√ßos dos navegadores portugueses dos s√©culos XV e XVI, abrindo novas rotas para buscar no Oriente as especiarias que a Europa reclamava, embora tenham implantado no Jap√£o palavras como "tempura" (tempero) e "arigat√ī" (obrigado), n√£o hajam logrado o mesmo sucesso entre n√≥s, nem mesmo em Portugal. Pois, foram aqueles navegadores que trouxeram da √ćndia o pozinho amarelo chamado "caril", grafia portuguesa para um certo som em tamil (significando molho). Ainda assim, predomina a grafia em ingl√™s, "curry", at√© mesmo em Portugal. Uma consulta ao Google retorna 1660 ocorr√™ncias para "caril" e 1990 para "curry", em s√≠tios portugueses, em portugu√™s.

E, como esta, outras. Outro dia, aqui no ProZ, pediram a tradução ao português de "hanukkah". A sugestão "chanucá" foi desprezada em favor de "hanukkah"


 

MLeiria  Identity Verified
Portugal
Local time: 07:30
Member (2005)
English to Portuguese
+ ...
H√° "curry" e "Curry" :) Jan 24, 2004

rhandler wrote:

Ainda assim, predomina a grafia em inglês, "curry", até mesmo em Portugal. Uma consulta ao Google retorna 1660 ocorrências para "caril" e 1990 para "curry", em sítios portugueses, em português.


Os meus cumprimentos, colega, mas devo realçar que em Portugal existe um Hospital Curry Cabral que está a provocar boa parte dessas ocorrências. Posso garantir-lhe que, no dia a dia, ninguém aqui usa "curry" no lugar de "caril".


 

Lorenzo Lilli  Identity Verified
Local time: 08:30
German to Italian
+ ...
Obrigado Jan 25, 2004

Obrigado MLD, foi muito interessante. Sobre Saramago: acho o suo √ļltimo livro (O homem duplicado) extraordin√°rio.

 

Ant√≥nio Ribeiro  Identity Verified
Local time: 16:30
English to Portuguese
+ ...
Viva o CARIL de camar√£o !!!!!!! Jan 29, 2004

[quote]rhandler wrote:

Ainda assim, predomina a grafia em inglês, "curry", até mesmo em Portugal. Uma consulta ao Google retorna 1660 ocorrências para "caril" e 1990 para "curry", em sítios portugueses, em português.



Em Portugal, os portugueses dizem, e sempre disseram, caril. Para fazer afirma√ß√Ķes com a que o rhandler fez √© preciso saber-se o que se est√° a dizer. Um pergunta, j√° alguma vez esteve em Portugal? Se esteve, alguma vez viu um menu de restaurante? Quantas vezes encontrou o prato "curry" de camar√£o? Certamente nenhuma!!!

O Google NÃO é a "biblia". Mais uma vez errou.

Alguns exemplos das tais ocorrências de curry em português, e em sítios portugueses (!!!!!!!!!!!!!):

- Fisionetjornal - [ Translate this page ]
... como objectivo divulgar um estudo de investigação de tipo experimental a decorrer
no serviço de Medicina Física e Reabilitação do Hospital Curry Cabral.
www.fisiopraxis.pt/fnj/dez8b.html - 35k - Cached - Similar pages

- Temas de Tese - [ Translate this page ]
... de tipos simples para o cálculo lambda - Lógica proposicional intuicionista -
Sistemas de dedu√ß√£o natural - Isomorfismo de Curry-Howard - Aplica√ß√Ķes e ...
www.ncc.up.pt/~nam/tias0304.html - 15k - Cached - Similar pages

- PortugalGay.PT - Festival de Cinema Gay & Lésbico de Lisboa ... - [ Translate this page ]
21:30 (2¬ļ Filme) Cinemateca Portuguesa The Rocky Horror Picture Show Realizador:
Jim Sharman Actores: Tim Curry, Susan Sarandon, Barry Bostwick, Richard O ...
www.portugalgay.pt/lxfilmfest/2003/f4.asp - 101k - Cached - Similar pages

- 27th Algarve International Music Festival - [ Translate this page ]
Sunday, June 8 ‚Äď 9.30 PM ALBUFEIRA ‚Äď Main Church ACCENTUS AUSTRIA Markus Forster,
countertenor James Curry, tenor Bernd Lambauer, tenor Albert Pesendorfer ...
www.rtalgarve.pt/EN/EventosRTA/Eventos2003/ 27FIMA/programa.asp - 47k - Cached - Similar pages

- BAD - Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e ... - [ Translate this page ]
... Froehlich. Censorship in libraries: a management tighrope Ann Curry.
A decisão ética no trabalho de informação Antonieta Vigário.
www.apbad.pt/psumario_cadernos.htm - 29k - Cached - Similar pages

Nas primeiras 50 ocorrências que tive paciência de verificar, só 3 dizem respeito a comida, sendo a primeira delas uma tradução inglesa de uma ementa em português, e naturalmente caril vem traduzido como curry. Ver:

Portugal - Meals Home Delivery in the area of Lisbon - [ Translate this page ]
... 10.00 - 19.00hr 21 316 09 38 Source/Fonte: A-Guia Comidinha (A) 30-minute home
delivery of pizzas, fish ('bacalhau', octopus, prawn curry ...), meat (steaks ...
www.portugalvirtual.pt/0/8077dat1.html - 50k - Cached - Similar pages

Enfim, o rhandler falou por falar, no seu estilo habitual de ...

António Ribeiro


 


To report site rules violations or get help, contact a site moderator:


You can also contact site staff by submitting a support request »

Falar português é dar a volta ao mundo!

Advanced search






PerfectIt consistency checker
Faster Checking, Greater Accuracy

PerfectIt helps deliver error-free documents. It improves consistency, ensures quality and helps to enforce style guides. It’s a powerful tool for pro users, and comes with the assurance of a 30-day money back guarantee.

More info »
Déjà Vu X3
Try it, Love it

Find out why Déjà Vu is today the most flexible, customizable and user-friendly tool on the market. See the brand new features in action: *Completely redesigned user interface *Live Preview *Inline spell checking *Inline

More info »



Forums
  • All of ProZ.com
  • Term search
  • Jobs
  • Forums
  • Multiple search