Tarifas de freelancer e impostos cobrados no Brasil
Thread poster: Danik 2014

Danik 2014
Brazil
German to Portuguese
+ ...
Apr 29, 2015

Olá,
Ainda sou freelancer recente. Cobro por palavras mas tenho dúvida sobre qual seria a faixa de cobrança certa para clientes brasileiros. A minha segunda dúvida é com relação aos impostos. Parece que terei que fundar e pagar os impostos de uma micro empresa.
Agradeço de antemão toda a ajuda.


 

Claudio Machado Junior  Identity Verified
Brazil
Local time: 06:11
Member (2014)
English to Portuguese
+ ...
Preço por palavras + empresa Apr 30, 2015

Olá, Danik,

Acho que o melhor meio de se cobrar pelo trabalho é realmente por palavras. Trabalhando para uma agência, acredito que você conseguirá algo em torno de R$ 0,05 a 0,07 por palavra, pelo menos no início. Você conseguirá negociar uma tarifa melhor com os clientes diretos que você conseguir por conta própria (que não sejam agências de tradução).

Sobre a abertura da empresa, isso é realmente um mal necessário. A grande maioria dos seus clientes irá pedir a você a emissão de uma nota fiscal pelos serviços prestados e o mercado considera "pouco profissional" o fato de não ter empresa aberta. O melhor que você pode fazer é consultar um contador para que ele cuide de todos os trâmites relacionados à abertura da sua empresa.

Espero ter ajudado. Boa sorte!

Claudio


 

Danik 2014
Brazil
German to Portuguese
+ ...
TOPIC STARTER
Muito obrigada! Apr 30, 2015

Muito obrigada pela sua gentil contribuição, Claudio.

 

José Henrique Lamensdorf  Identity Verified
Brazil
Local time: 06:11
English to Portuguese
+ ...
Outra opção Apr 30, 2015

Esperei alguém comentar.

Sou autônomo desde 1983 como consultor. Entre outras coisas, fazia traduções como "serviços de consultoria na versão brasileira de...".

Em 1999, passei no concurso para tradutor "juramentado" (o nome é "Tradutor Público e Intérprete Comercial"), e a Jucesp exigiu que eu adicionasse o registro como "tradutor e intérprete" autônomo. BTW é uma exigência da JuceSP (não sei nos outros estados) que o tradutor juramentado seja autônomo e não empresa.

De qualquer modo, não baseie seu modelo comercial nos juramentados, nem na sua expectativa de um dia se tornar um. Gente demais sonha com isso a vida inteira, enquanto outros têm um sucesso muitas vezes maior em outras áreas da tradução. Para mim, representa 5 a 10% da minha receita.

O que os clientes pessoa jurídica não gostam nos autônomos é a obrigação de recolher 20% de Contribuição Patronal ao INSS a mais sobre o valor total do serviço. Eles já recolhem isso todo mês sobre a folha de pagamento dos funcionários. Por isso há clientes que não querem nem saber de contratar autônomos.

O fato é que se revogassem essa contribuição patronal, no mesmo dia TODAS as empresas do Brasil demitiriam TODOS os seus funcionários e os recontratariam como autônomos. Além de não terem de pagar férias, 13º, FGTS, dar benefícios, etc. economizariam esses 20%... e o INSS inteiro desabaria como um castelo de cartas no mês seguinte. É o tal do custo Brasil.

A questão é que colegas andaram pesquisando Simples, SuperSimples, MaisDoQueSimples, MEI e outras, e chegaram à conclusão de que POR ENQUANTO isso custa bem caro. Cada um chegou a outro número.

De um modo geral, digo aos clientes que não querem ter de pagar os 20% de CP ao INSS que, se eu montasse uma empresa, meus preços seriam 30% maiores do que os de autônomo.

Por falar em preços, com os preços que o Cláudio sugeriu, não lhe faltará serviço. O problema é "vender" todo o seu tempo, e ficar tão ocupado a ponto de não ter tempo para pegar trabalhos que paguem mais. Eu cobro algumas vezes isso, mas trabalho profissionalmente como tradutor desde 1973, como autônomo desde 1987. Pode fazer diferença.

Considere também os prazos de pagamento. No Brasil, se você não receber à vista, será como se estivesse emprestando dinheiro do seu cheque especial para custear o capital de giro do seu cliente. E o cheque especial está custando mais de 10% ao mês.

Converse com um BOM contador, e compare todas as suas alternativas antes de decidir. Mudar depois leva tempo, dá trabalho e custa caro.

Boa sorte!


 

Danik 2014
Brazil
German to Portuguese
+ ...
TOPIC STARTER
Obrigada pelo panorama profissional Apr 30, 2015

Muito obrigada, José Henriqueicon_smile.gif,
Valeu principalmente pela retratação do "custo Brasil" que as profissões autônomas pagam.
Eu mesma já andei pesquisando sobre o MEI na internet, que seria ainda a opção mais viável, mas parece que os tradutores não se encaixam, por se tratar de uma atividade intelectual.:(
Enfim, ainda estou em fase de pesquisa e consulta de opiniões.


 


To report site rules violations or get help, contact a site moderator:


You can also contact site staff by submitting a support request »

Tarifas de freelancer e impostos cobrados no Brasil

Advanced search






SDL Trados Studio 2019 Freelance
The leading translation software used by over 250,000 translators.

SDL Trados Studio 2019 has evolved to bring translators a brand new experience. Designed with user experience at its core, Studio 2019 transforms how new users get up and running, helps experienced users make the most of the powerful features, ensures new

More info »
Déjà Vu X3
Try it, Love it

Find out why Déjà Vu is today the most flexible, customizable and user-friendly tool on the market. See the brand new features in action: *Completely redesigned user interface *Live Preview *Inline spell checking *Inline

More info »



Forums
  • All of ProZ.com
  • Term search
  • Jobs
  • Forums
  • Multiple search