Pages in topic:   [1 2 3] >
Quém somos?
Thread poster: Susy Ordaz

Susy Ordaz  Identity Verified
Local time: 15:11
Portuguese to English
+ ...
Nov 4, 2006

Dando continuidade ao tema lançado a umas semanas atrás, gostaria de falar um pouco sobre a minha pessoa. E como eu acho que este fórum está a morrer por TODAS as razões vamos (eu vou) tentar personalizar este fórum com temas simples que poderão apimentar e refrescá-lo.

Alguns colegas já me conhecem, outros já viram o meu nome participar no Kudoz, outros não fazem a mínima de quem eu sou, e muito, muito poucos estão totalmente desinteressados.

E sou fruto de um amor Lusitano, nasci no Canadá, onde me licenciei-me em Línguas. Trabalhei como interprete nos tribunais, um trabalho extremamente stressante mas que me proporcionou um grande traquejo e experiências muito compensadoras. Aos 25 anos resolvi imigrar para Lisboa. Tendo cá família, uma irmã e alguns bons amigos, a transição e adaptação foram fáceis. Dois anos depois comecei a trabalhar numa das maiores empresas do ramo farmacêutico, traduzindo todo tipo de documentos e mantendo sempre contacto com os meus clientes podendo assim conjugar por vezes dois trabalhos ao mesmo tempo. Entretanto casei, tenho três meninas com idades de 10, 8 e 2 anos e não sei se ficou por aqui....andamos atrás do rapaz. Devido ao nascimento da minha última filha, Leonor, resolvi deixar o meu emprego no ramo farmacêutico e dedicar-me mais a minha família. Passado dois anos, ainda não me arrependi, julgo não haver nada mais compensador do que ser uma mãe presente. Embora seja um trabalho por vezes ingrato porque na maioria das vezes passa despercebido e para quem tem filhos sabe do que estou a falar. Não vivo da tradução mas é a minha profissão por eleição e adoro o que faço. E pronto! Já me conhecem um pouco. Agora gostava de ler um pouco acerca dos meus colegas, aqui vos espero.
Um abraço,
Susy


Direct link Reply with quote
 

suesimons  Identity Verified
Local time: 15:11
Portuguese to English
Quém somos... Nov 4, 2006

Olá Suzy,

Que vida interessante! Eu moro Em Lagos, Algarve por 6 meses do ano, os outros em Guernsey, Channel Islands. De momento, eu procuro um professor do português para uns amigos inglêses que moram em Almancil. Querem em base one-to-one e eu gostava de saber se a Suzy mora na região ou conheçe alguém que lhes pudesse dar aulas desse género.

Por agora, ciao! Sue.


Direct link Reply with quote
 

Susy Ordaz  Identity Verified
Local time: 15:11
Portuguese to English
+ ...
TOPIC STARTER
Aulas em Almancil Nov 4, 2006

Olá Sue, só pode ser boa pessoa.. partilhamos o mesmo nome.. hee, hee. Adoro Lagos mas nunca nos meses entre Julho e Setembro, demasiada gente.

Em relação as aulas de inglês, não conheço ninguém em Almancil que poderia ajudar. Eu dou aulas duas vezes por semana a empresas na região de Lisboa e gostaria de puder ajudar os seus amigos, mas eu moro em Cascais e são uns 300 kms de distância que nos separam. Sorry Sue wish I could help you.

Um abraço e até breve
Susy


Direct link Reply with quote
 

suesimons  Identity Verified
Local time: 15:11
Portuguese to English
Pt lessons Nov 4, 2006

Olá Suzy, Grata a sua resposta....são aulas de português para um casal amigo que procuro, não inglês! Mas, em todo caso, se você mora nos arredores de Lisboa, não admira que não conheça professores.

Lagos é uma maravilha mas como você, não em pleno verão. Nos estamos apenas outoburo até abril. Se por acaso vier por cá, diga-me e teremos encontro. OK? Sue.


Direct link Reply with quote
 

Clara Duarte  Identity Verified
Portugal
Local time: 15:11
English to Portuguese
+ ...
Olá Suzy e Sue :) Nov 8, 2006

Suzy,

Como acabei de responder a duas perguntas que colocou no KudoZ, posso dizer que já a tenho visto por cá, sim

Sinceramente, acho que faz muito bem em tentar ter o menino e que foi uma decisão muito responsável e amorosa ter deixado o trabalho fora de casa e optado por ser indepentente e ir trabalhando em casa. Faria exactamente o mesmo para ter mais tempo para a minha família.

Eu sou portuguesa nascida e criada. Nasci em Coimbra porque a maternidade de Viseu estava a braços com uma greve de médicos, mas cresci aqui em Viseu.

Fui tirar o curso de Estudos Europeus variante de Inglês-Alemão ao Porto e voltei à terrinha, onde desenvolvo a minha actividade como tradutora e tutora freelancer.

Este ano lectivo voltei a ingressar no ensino superior, desta feita na área da Contabilidade e Administração. As aulas são à noite, o que me dá liberdade para trabalhar de dia. O tempo é que parece sempre ser pouco...

Mesmo assim, concorri para um emprego a tempo inteiro na administração pública. Daqui a uma semana saberei se consegui o lugar ou não. Quero continuar como tradutora freelancer e acumular duas actividades. Quem corre por gosto não cansa e eu adoro tradução.

Quando tirei o curso, era para exercer na administração, não para aproveitar a formação em línguas, mas experimentei e gostei.

Quero continuar a minha formação na área da tradução. Espero ter tempo para tudo!


Direct link Reply with quote
 

Mariana Moreira
Portugal
Local time: 15:11
Member (2004)
English to Portuguese
+ ...
Vamos lá dar mais uma contribuição Nov 8, 2006

Olá a todas - para já ainda nenhum representante do sexo masculino aderiu a esta campanha !!!

Como a Clara sou nascida e criada no Porto, estudei no Colégio Alemão, fiz um bacharelato em tradução e mais tarde, já a trabalhar a tempo inteiro, acabei a licenciatura.

Moro no Porto, sou casada (3x com o meu marido !!!) e temos um filho de 17 meses.

Sue, passo sempre férias muito perto de si, na Praia da Luz, para onde vou desde os 3 anos, portanto Lagos é bem conhecido...

Trabalhei 5 anos numa empresa de vinhos como Relações Públicas e depois passei a dedicar-me a tempo inteiro às traduções, o que ainda faço com o mesmo entusiamo do primeiro dia, embora ainda estejam em "adaptação" da combinação do trabalho com a maternidade !!!

Adoro o meu jardim, onde passo todos os minutos livres que tenho e até já o meu filho me ajuda a tirar as ervas daninhas e outras menos daninhas.



Direct link Reply with quote
 
Valérie Oliveira  Identity Verified
Portugal
Local time: 15:11
French to Portuguese
+ ...
Quem sou eu... Nov 8, 2006

Olá a todos,

Parece-me que o Norte está em peso “Carago”
Eu nasci e cresci em França de pais 100% portugueses. Fiz a maior parte da minha escolaridade em França, mas em paralelo tinha aulas de português e por isso tenho desde sempre este gosto pela língua e cultura portuguesas… sempre quis seguir estudos ligados às línguas estrangeiras, e por isso decidi estudar algum tempo em Portugal para aperfeiçoar os meus conhecimentos. Acabei por fazer a Licenciatura em Línguas Estrangeiras Aplicadas na Universidade do Minho, onde acabei também por conhecer o “homem da minha vida” (o Amor tem destas coisas!;)) Estou casada há 3 anos, ainda não há rebentos porque quero estabilizar a minha vida profissional.

Embora esteja ligada à prática da tradução há 5 anos, trabalhei 1 ano na Associação Comercial de Braga como tradutora, e outros 2 anos como Assistente Comercial na exportação de uma empresa têxtil em Braga. Foram 2 experiências que eu adorei porque estavam directamente ligadas com as línguas/tradução, e contactei com diversas pessoas fantásticas. Há pouco tempo decidi também dedicar-me inteiramente à tradução porque é isto que realmente gosto, além disso também sou formadora em línguas estrangeiras.

A minha família vive em França e por isso aproveito para “dar um saltinho” à terrinha 3 vezes por ano, o que me permite estar constantemente ligada às minhas origens. Se me perguntarem se gosto mais de França ou de Portugal, não consigo responder porque este meu “coraçãozinho” está preenchido pelas 2 culturas e não há preferência por nenhuma! é 50/50

Em relação aos meus minutos livres são ocupados com a prática de quadros a 3 dimensões, leitura e cozinha (onde gosto de experimentar novas receitas) e, sempre que posso, passeios à beira-mar para descontrair e relaxar um pouco. De preferência na Póvoa de Varzim ou Vila do Conde

Mas tal como diz a Clara, eu também acho que o tempo é sempre pouco para estas coisas todas!


Direct link Reply with quote
 

Claudio Mazotti  Identity Verified
Brazil
English to Portuguese
+ ...
Minha nova e querida amiga lusitana... Nov 8, 2006

Wow, Suzy, como sempre me lembras, parece fazer muito mais tempo q nos conhecemos. Tu não imaginas o quanto nossos papos têm-me sido bons e prazeirosos. Saibas que sinto saudade de ti quando estás ausente no MSN por um ou dois dias. Independentemente das fronteiras físicas e culturais, há laços mais fortes a unir as pessoas. Espero q continues a ter paciência para ensinar-me a me expressar melhor na "tua" língua... rs
Enfim, admiro-te demais e tenho consciência de q sabes do fato. Acredito q em breve, tu serás mais uma grande amiga a conhecer-me melhor do q a mim mesmo em vários momentos... rs


Direct link Reply with quote
 

Susy Ordaz  Identity Verified
Local time: 15:11
Portuguese to English
+ ...
TOPIC STARTER
Café em Lagos e muito mais Nov 9, 2006

Querida Sue,

Está prometido, um dia quando for até Lagos irei beber um cafezinho contigo. Já conseguiste um professor para os teus amigos?

Clara,

Viseu...bolas já lá andei perdida as voltinhas sem saber por onde ia...e acabei por ficar no Hotel Montebelo onde come-se lindamente, também fui aquela discoteca enorme onde nesse dia eramos só três...espero que consigas o lugar. Embora eu acha que um funcionário pública nada tem haver com uma tradutora dinâmica como tu! Boa sorte e vai dando notícias, é sempre bom ouvir-te.


Mariana,

Já temos uma contribuição masculina..do Claudio!
Tens que explicar-me melhor ou se calhar eu é que percebi mal..és casada 3 vezes com a mesma pessoa?? Conta, conta.

Levas uma vida bastante preenchida e interessante. Não é fácil conjugar tanta coisa importante na nossa vida. Eu também adoro jardinagem, e quando estou no meu jardim é uma espécie de terapia de relaxamento. We'll be seeing you.

Valérie,

Temos que trocar umas impressões em relação a formação. Eu tb dou aulas o que é uma vertente fascinante das línguas pois acho que a tradução tb é uma profissão bastante solitária e a formação ajuda-nos lidar com gente interessante.

Eu já estive em Paris duas vezes, uma vez ém miuda e outra em trabalho mas é um "city for lovers" e tem que ser saboreado à dois. Adorei conhecer-te!

Claudio,

And last but no least my dear...uau!! Tantas palavras queridas, obrigada meu irmão (sotaque Brasileiro..rs).
Pois é Claudio, a vida tem destas coisas, chama-se afinidade. A "nossa" língua lusitana, foi a razaõ pela qual travamos esta nova e refrescante amizade. Mas agora tens que escrever um pouco sobre ti para que todos te conheçam melhor. Coisas, detalhes, experiências, temos muito que aprender contigo amigo. Até breve

RESUMO:

Um destes dias irei beber uma café com a Sue e quem sabe se não irei precisar de uma ajuda da Clara (é sempre bom ter um FP como amiga para facilitar as coisas) depois vou beber um copo com a Mariana pois ela é que percebe destas coisas, a seguir vou comer um petisco feito pela Valérie. Claudio aqui te espero. Beijos para todos..


Direct link Reply with quote
 

Susana Valdez  Identity Verified
Portugal
Local time: 15:11
Member (2006)
English to Portuguese
+ ...
Olá a todos e a todas! Nov 9, 2006

Que tópico mais interessante! Quando é o café em Lagos?

Eu costumo ir muitas vezes por ano para a Meia Praia que é, como se calhar sabem, pegada a Lagos. Mas, de facto, passei todos os verões da minha infância na Praia da Luz. Por isso Mariana, se calhar já nos vimos por lá.

Começando pelo início... Nasci em Lisboa e sempre vivi por cá. Tirei Línguas e Literaturas Modernas. Depois, porque queria ser tradutora e sabia que sem formação não era possível, tirei o curso de pós-graduação de especialização em tradução na mesma Faculdade - a Clássica.

Depois disto tudo e de ter começado um projecto - www.workfortranslators.wordpress.com - para o qual gostaria de ter mais tempo, achei que tinha demasiada curiosidade para ficar por aqui e, neste momento, estou a frequentar o Mestrado em Línguistica Aplicada da Faculdade de Letras e a planear a Tese em Estudos de Tradução.

Sou tradutora independente a tempo inteiro e já acho que serei sempre também estudante.

Não sou casada, nem tenho filhos. Adoro música, literatura e dança. Faço natação. Sou muito apaixonada por chocolate e quando sair daqui vou para o Festival de Chocolate em Óbidos. Depois vou para Leiria para as V Jornadas de Tradução onde espero ver-vos a todos. Para quem não sabe, amanhã a Mona Baker vai dar uma sessão Plenária nas Jornadas. E como seria de esperar não posso faltar!

Espero que a conversa continue....


Direct link Reply with quote
 

Teresa Bento  Identity Verified
Portugal
Local time: 15:11
Member
English to Portuguese
+ ...
E a conversa continua... Nov 9, 2006

Olá a todos,

Ainda sou membro recente nesta família ProZ, mas estou a gostar da experiência.

Licenciei-me em Línguas e Literaturas Modernas (Inglês/ Alemão) e fiz um Minor em Tradução de Inglês, tudo na Universidade Nova de Lisboa.
Durante o meu percurso académico, sempre me tentaram demover (a mim e aos meus colegas) de ingressar no mundo da tradução. Até os professores nos diziam que íamos para o desemprego! Apesar disto, estou muito contente por dar conta que afinal, as coisas não são assim tão lineares... Sou tradutora freelancer e estou a gostar bastante. Sempre tive medo de não encontrar um emprego de que gostasse realmente, queria algo que fugisse à rotina, que fosse original e criativo, e não me posso queixar. Sou ainda um pouco "verde", como é de esperar, mas vontade de aprender não me falta. Tenho aprendido bastante, com todos vocês!

Relativamente aos meus 24 anos de vida, passei-os quase todos a morar em locais diferentes do país. Filha de militar sofre... Nasci no Funchal, morei no Algarve, no Alentejo, nos Açores (ai, as saudades de São Miguel!!!), enfim, já perdi a conta! Sou uma nómada. Adoro música, cinema e televisão e espero ganhar experiência suficiente para, um dia mais tarde, chegar à tradução de filmes (e vê-los em primeira mão, ha-ha!). Entretanto, ocupo-me com a tradução de séries e jogos de vídeo, de que gosto imenso. Sou apaixonada pela Irlanda e Escócia e quero voltar à Irlanda o mais depressa possível. Faço natação e sou vocalista de uma banda de garagem...

Ainda bem que o tópico está vivo e de boa saúde.

Um abraço para todos,

Teresa


[Edited at 2006-11-09 13:40]

[Edited at 2006-11-09 13:41]


Direct link Reply with quote
 

Claudio Mazotti  Identity Verified
Brazil
English to Portuguese
+ ...
Vamos lá, Susy Nov 9, 2006

Nem sei por onde começar, mas tentarei...

Nasci em uma cidade pequena, no interior do estado de São Paulo. Na pré-adolescência já tinha a idéia fixa de participar de intercâmbio cultural, o que ainda não era muito comum aqui no Brazil naquela época. Foi uma batalha muito árdua, mas pela minha forte persistência, acabei conseguindo uma bolsa pelo Rotary Club e lá fui eu para um cantinho de Oklahoma. Ah, sweet Oklahoma. Felizmente, foi uma das melhores experiências de minha vida. Minha avidez por novas experiências ajudou-me a conquistar territórios nunca imaginados anteriormente. Creio q a combinação da ingenuidade e a abertura de cabeça espontânea diante da vida me proporcionou momentos de plena felicidade. Tirei proveito do convívio com todas as famílias hospedeiras. Diria que, em termos de personalidade, hoje, apresento traços marcantes que me foram passados por essas pessoas especiais. Poderia passar longas horas a falar sobre algumas dessas personagens aqui, porém não considero justo...rs

Adaptei-me tanto à cultura americana e fui tão bem acolhido, q não tinha mais planos de voltar ao Brasil. Na época, pensava q os EUA seriam minha nova casa. Um advogado influente com quem morei conseguiu estender o prazo de meu visto por lá. Por dedicar-me exclusivamente à prática das artes plásticas e ser orientado por um professor q havia participado da guerra no Vietnã, acabei ganhando uma bolsa de estudos integral de Belas Artes na universidade de Fort Worth, no Texas. Infelizmente, várias tragédias familiares aqui no Brasil fizeram-me interromper tudo e voltar. Assim q retornei, fui morar na cidade de São Paulo, onde estudei tradução em uma faculdade particular, comecei a trabalhar meio período, iniciei as descobertas do mundo ao meu redor. Depois de terminar o curso superior, continuei trabalhando com inglês- português em várias escolas e a fazer traduções esporadicamente. Depois de ser introduzido no universo dos negócios, optei por dedicar-me à essa área por oferecer-me melhores condições financeiras. Trabalhei por longo tempo em uma empresa na área de agronegócios, e concomitantemente, em várias empresas. Tb ministrei curso de inglês instrumental em faculdades particulares. Durante os mais de 20 anos em q morei em São Paulo, freqüentei cursos especiais - artesanato, ikebana, culinária, grafologia, cerâmica, e um dos mais apaixonantes, o de sumi-e, q foi interrompido depois de 4 anos de mt dedicação pq o único mestre nessa forma de arte no Brasil não tinha mais condições físicas p/ continuar devido à sua idade avançada. Foi através dele q aprendi a ter disciplina e aplicá-la em minha vida cotidiana. Em 1996, a maioria dos amigos com os quais havia criado a nossa história de vida juntos desde q cheguei a São Paulo, já tinham deixado a cidade em busca de novos rumos. Comecei a perceber q já tinha absorvido o suficiente da vida da megalópole e q estava cansado das neuroses criadas por ela. Fui convidado por meu melhor amigo q havia se estabelecido na região central do país, na região do nosso famoso Pantanal, a descansar alguns dias lá. No meu segundo dia de visita, consegui emprego e na semana seguinte, lá estava eu de malas prontas... rs. Trabalhei na maior escola de línguas da capital do estado como orientador pedagógico, reelaborei vários métodos, ministrei cursos avançados e preparatórios para exames de proficiência em língua inglesa. A batalha foi árdua para tentar implantar novas idéias e valores naquela região ainda por ser “desbravada”. Também fiz algumas traduções para a universidade federal e alguns órgãos governamentais, geralmente projetos relacionados com agricultura. Em 1.999, ingressei na Universidade Federal de Mato Grosso como professor substituto p/ montar e ministrar o curso de inglês instrumental nas áreas de matemática, geologia e comunicação. Estava prestes a iniciar o mestrado em antropologia na mesma universidade qdo, repentinamente, bóing!!! Tive sérios problemas de saúde que me fizeram abandonar tudo e voltar ao estado de São Paulo para tratamento intensivo ao longo de mais de 5 anos. Desde então, voltei à cidade natal, onde conto com a companhia e atenção dos tios, primos, minha mãe e uma irmã. Dou algumas aulas particulares p/ alguns alunos em uma unidade da Universidade de São Paulo na cidade vizinha e luto para conseguir traduções como free-lancer. Não tem sido fácil, porém não pretendo desistir tão cedo dessa área por realmente gostar dela. Para mim, a tradução sempre foi mágica, desafiadora, envolvente. Sinto saudade dos momentos em q esse meu melhor amigo e eu nos embrenhávamos em projetos loucos de tradução... rs A exemplo, aceitamos traduzir os primeiros jogos de computador a serem lançados no país. Acho q era um total de mais 2000 laudas... rs Até então, nunca tínhamos tocado em um computador, tivemos de buscar forças no além e aprender a usá-lo às duras penas no mesmo dia q o primeiro lote de material chegou em nossas mãos. Lembro-me de uma madrugada de sábado em q decidi relaxar um pouco das traduções e fui tomar sol no quintal às 3h. Minha vida não pode estar longe de fortes emoções, mesmo em termos profissionais. Sinto falta dos grandes amigos q ainda vivem em São Paulo ou daqueles q estão espalhados pelo país afora. Visito-os na medida do possível. Meus amigos são meu maior tesouro de vida. Gostaria de ter o dom de “cristalizá-los” vivos enquanto eu vivesse... Desculpem-me pela “tropicalidade” do meu português e pela extensão e exaustão do meu relato. Um forte abraço...


Direct link Reply with quote
 

Denise Miranda
Local time: 12:11
English to Portuguese
+ ...
Olá do Brasil Nov 10, 2006

Oi Suzy e demais colegas!

Antes de mais nada, Suzy, enquanto houver pessoas simpáticas e queridas como você, este forum não vai morrer!

Gostei muito das suas iniciativas e estava até rascunhando uma estrofe para a poesia, mas vi que você a encerrou.

Bom, um pouquinho sobre mim: fui professora de inglês por muuuuitos anos, até que me cansei pois queria trabalhar mais com adultos. Ao mesmo tempo, trabalhar com adultos sempre acarreta horas noturnas. Como me casei e tive filhos...

Comecei, então, a trabalhar como servidora pública. Trabalho meio período e a outra metade do dia sou motorista dos filhos (um casal) e tradutora.

Gosto muito da culinária portuguesa (ah, que doces maravilhosos!) e dos fados. Gosto de me exercitar e de ir ao cinema. Gosto de uma boa conversa. Gosto também de escrever.

Moro em Foz do Iguaçu, portanto se resolverem visitar as famosas Cataratas, certamente nos encontraremos!

Abraços,
Denise


Direct link Reply with quote
 

Irina Dicovsky  Identity Verified
Argentina
English to Portuguese
+ ...
que agradável surpresa... Nov 17, 2006

..."encontrar" vocês aqui, nesta manhã de sexta-feira. E saber tantas coisas em tão poucas linhas...
Eu nasci na Argentina, mas minha família emigrou aos Estados Unidos quando eu tinha 2 anos. Aos 5, já morando em Recife, lindíssima praia do nordeste brasileiro (e tendo passado por Puerto Rico x um ano), já falava fluentemente e sem sotaque inglês, português e espanhol (a língua materna dos meus pais - que são tb filhos de imigrantes europeus).
De criança pensaram que eu seria diplomata ou q iria trabalhar nas Nações Unidas e que, de certo, seria música (estudei viola, violino e canto lírico).
Logo de várias outras mudanças, "caí" de paraquedas de volta ao Brasil aos 13 anos (desta vez em Sampa, nome carinhoso dado a São Paulo..."São Paulo da garoa, São Paulo terra boa...") onde estudei em uma escola do Rotary e fiz trabalho comunitário na organização juvenil da mesma instituição. Escolhi estudar ciências biológicas no colégio, vai saber por quê...talvez pelo amor pelos seres vivos? Sei lá...ano que vem farei 30 anos de formada (do colégio) e em 2008, 25 de formada em medicina na USP.
Comecei traduzindo no 3o ano da faculdade, com uma máquina de escrever mecânica, corretor líqüido e arrancando folhas e recomeçando uma e outra vez. Naquela época consegui um "bico" (que pagava bem melhor do que dar plantão -e eu achava super divertido!) traduzindo textos para a indústria farmacêutica, bulas de dispositivos médicos (traduzi a bula da primeira bomba de insulina comercializada no Brasil "circa 1980" rsrs).
Trabalhei muitos anos como psiquiatra e psicoterapeuta, mas na hora que "pintava a fome" ia dar aulas de inglês ou fazia traduções ou versões. Até hoje continuo tendo consultório, mas o que realmente paga as contas no final do mês são as traduções e os cursos de inglês (hoje em dia eu reduzi ao mínimo as aulas dadas e prefiro indicar algum/a professor/a q trabalhe para mim). Mudei "de volta" para a Argentina em 93 e realmente não sei quanto tempo mais ficarei por estas bandas.
Esqueci de contar-lhes que em 82 morei 6 meses na Europa e tive o prazer de conhecer Portugal -que amei, por sinal- e fiz amizade com um pessoal que tinha conhecido em Veneza. Na época fiquei hospedada justamente em Cascais, na casa da Mafalda, cujo sobrenome me escapa à memória, mas quem sabe em uns dias vou lembrar.
Queria lhes contar que fiquei emocionada com alguns dos relatos seus e que adorei ter esta oportunidade de conhecê-los melhor, fora do âmbito do kudoz e dos agrees.
Susy: já quis lhe enviar uma msg via proz, mas não aparecia nenhum meio de contato consigo pelo seu perfil...
Realmente é um prazer conhecê-los...e pena que Lagos fique tãoooooooo longe!!!!
Abraços mil!
Irina

[Edited at 2006-11-17 14:11]


Direct link Reply with quote
 

Clara Duarte  Identity Verified
Portugal
Local time: 15:11
English to Portuguese
+ ...
Boa comida e divertimento em Viseu Nov 17, 2006

Suzy,

Realmente, em Viseu é-se bem recebido, modéstia à parte... *cof cof*

Agora a dita discoteca grande deve andar ainda mais às moscas. Há imensos espaços de diversão nocturna em Viseu e há sempre novos a abrirem (outros a fechar ou a mudar de gerência, é certo). É conforme a moda.

Como os concursos da função pública demoram eternidades até acabarem e são sempre 7 cães a um ossito, duvido que sem a experiência de trabalho que valoriza um candidato a estes lugares, consiga o emprego. Obrigada pelo elogio sobre o meu dinamismo... corei!

Se alguém vier para estes lados da Beira, avisem-me que eu insisto em fazer uma visita guiada à cidade e arredores!


Direct link Reply with quote
 
Pages in topic:   [1 2 3] >


To report site rules violations or get help, contact a site moderator:


You can also contact site staff by submitting a support request »

Quém somos?

Advanced search






LSP.expert
You’re a freelance translator? LSP.expert helps you manage your daily translation jobs. It’s easy, fast and secure.

How about you start tracking translation jobs and sending invoices in minutes? You can also manage your clients and generate reports about your business activities. So you always keep a clear view on your planning, AND you get a free 30 day trial period!

More info »
PerfectIt consistency checker
Faster Checking, Greater Accuracy

PerfectIt helps deliver error-free documents. It improves consistency, ensures quality and helps to enforce style guides. It’s a powerful tool for pro users, and comes with the assurance of a 30-day money back guarantee.

More info »



Forums
  • All of ProZ.com
  • Term search
  • Jobs
  • Forums
  • Multiple search