Facturacao de servicos de traducao a clientes estrangeiros
Thread poster: Lidia Serrao

Lidia Serrao
Local time: 03:32
English to Portuguese
Dec 28, 2006

Caros Colegas,

O meu nome e Lidia Serrao e sou nova neste forum e tambem na area da traducao freelance, embora tenha trabalhado muitos anos como tradutora interna de uma empresa em Inglaterra.
Mudei-me recentemente para Portugal e resolvi comecar a trabalhar como freelance e devo confessar que so tenho obtido informacoes contraditorias junto dos servicos de financas, da direccao-geral do IVA, de um revisor de contas que consultei.
Sera que os colegas teriam a gentileza de me explicar como procedem para cobrar clientes estrangeiros? Penso que nao se cobra IVA, mas tem de se fazer referencia a um artigo do codigo do IVA, nao e? E quanto a recibos verdes, e preciso ou nao passa-los? E ainda, quando se entrega o IRS entrega-se o modelo J com o valor auferido no estrangeiro?

Desculpem tanta pergunta de uma pessoa nova no forum (e ja agora das minhas palavras nao acentuadas, ainda estou a usar um teclado ingles).
Desejo-vos boas festas e um Ano Novo cheio de coisas boas. Espero vir a participar activamente neste forum no Ano Novo.
Lidia


 

Ivana de Sousa Santos  Identity Verified
Portugal
Local time: 03:32
French to Portuguese
+ ...
Links do fórum sobre o assunto Dec 28, 2006

Olá Lídia e bem-vinda ao proz e ao nosso fórum.

Deixo-lhe aqui links do fórum onde este assunto já foi tratado.

Se tiver mais dúvidas não hesite em colocá-las aqui ou directamente para o meu e-mail. Terei muito gosto em ajudá-la naquilo que puder.

Boa sorte.

Ivana


http://www.proz.com/topic/38192

http://www.proz.com/topic/51500

http://www.proz.com/topic/43252

http://www.proz.com/topic/35595


 

Lidia Serrao
Local time: 03:32
English to Portuguese
TOPIC STARTER
Obrigada e mais uma pergunta Dec 29, 2006

Obrigada Ivana,

Li com interesse os links que me enviou e foi com alivio que constatetei que nao sou a unica (infelizmente) a receber informacoes contraditorias de diferentes fontes. Acho absolutamente inacreditavel.

Tenho ainda uma duvida em relacao a retencoes na fonte, suponho que isso so aconteca com os clientes nacionais e relativamente aos clientes estrangeiros o pagamento do imposto devido e depois feito entre os servicos de financas dos dois paises? O revisor que consultei disse-me para entregar o anexo J, nas financas disseram-me que o cliente tinha de fazer retencao, mas uma empresa holandesa para a qual fiz um trabalho ficou estupefacta com o meu pedido e disse que nunca ninguem lhe tinha pedido tal coisa.

Obrigada uma vez mais e continuacao de boas festas.
Lidia


 

Ivana de Sousa Santos  Identity Verified
Portugal
Local time: 03:32
French to Portuguese
+ ...
Resposta à sua dúvida Dec 29, 2006

Olá Lidia,

Lidia Serrao wrote:
Tenho ainda uma duvida em relacao a retencoes na fonte, suponho que isso so aconteca com os clientes nacionais e relativamente aos clientes estrangeiros o pagamento do imposto devido e depois feito entre os servicos de financas dos dois paises?


Só fazem retenção na fonte os clientes nacionais. Envie-me o seu endereço e-mail através do meu perfil e enviar-lhe-ei a legislação. Nada melhor do que a ler. Como sou sócia da Deco recebi-a há dias (Se calhar vou fazer uma cópia para entregar também à repartição de finanças aqui de Leiria pois tambem não sabem responder como deve de ser às perguntas que fazemos).

O pagamento do imposto não é feito entre Portugal e os países para onde trabalhou. Na declaração de IRS tem de declarar o que recebeu em território nacional e as devidas retenções e depois tem de preencher igualmente o Anexo J para declarar o que recebeu no estrangeiro. O Estado irá então fazer um encontro de contas com o que a Lidia recebeu, com o que reteve na fonte e com o que recebeu no estrangeiro (sim, somos penalizados por receber no estrangeiro; já me disseram que isso é por os clientes estrangeiros não fazerem a rentenção, mas não sei se tem algo a ver. Nas simulações de IRS no site das finanças diz-me que vou receber uma coisa e acabo sempre por receber muito menos) e ainda com as despesas que apresentar.

O revisor que consultei disse-me para entregar o anexo J, nas financas disseram-me que o cliente tinha de fazer retencao, mas uma empresa holandesa para a qual fiz um trabalho ficou estupefacta com o meu pedido e disse que nunca ninguem lhe tinha pedido tal coisa.


Quando fizer a declaração de IRS em Abril, terá de pedir também o anexo J juntamente com os outros para declarar o que recebeu do estrangeiro. Se comprar os impressos nas finanças tem de pedir o anexo J. Se preencher através da Internet, além dos modelos A e H (acho que são esses dois, embora de momento não tenha a certeza nem possa confirmar) terá também de preencher o J.

Irá receber no início do ano uma carta dos clientes portugueses para os quais trabalhou e para os quais fez retenção a descriminar os valores que lhe pagaram e o que retiveram na fonte. Não tem de apresentar estas cartas na declaração de IRS mas convém guardá-las.

Espero ter conseguido dissipar as dúvidas. :0)

Boas festas para si também.
Ivana


 


To report site rules violations or get help, contact a site moderator:


You can also contact site staff by submitting a support request »

Facturacao de servicos de traducao a clientes estrangeiros

Advanced search






SDL Trados Studio 2017 only €435 / $519
Get the cheapest prices for SDL Trados Studio 2017 on ProZ.com

Join this translator’s group buy brought to you by ProZ.com and buy SDL Trados Studio 2017 Freelance for only €435 / $519 / £345 / ¥63000 You will also receive FREE access to Studio 2019 when released.

More info »
CafeTran Espresso
You've never met a CAT tool this clever!

Translate faster & easier, using a sophisticated CAT tool built by a translator / developer. Accept jobs from clients who use SDL Trados, MemoQ, Wordfast & major CAT tools. Download and start using CafeTran Espresso -- for free

More info »



Forums
  • All of ProZ.com
  • Term search
  • Jobs
  • Forums
  • Multiple search