KudoZ home » English to Portuguese » Tech/Engineering

Polycyclic Aromatic Hydrocarbon

Portuguese translation: Hidrocarbonetos Aromáticos Policíclicos

Advertisement

Login or register (free and only takes a few minutes) to participate in this question.

You will also have access to many other tools and opportunities designed for those who have language-related jobs
(or are passionate about them). Participation is free and the site has a strict confidentiality policy.
GLOSSARY ENTRY (DERIVED FROM QUESTION BELOW)
English term or phrase:Polycyclic Aromatic Hydrocarbon (PAH)
Portuguese translation:Hidrocarbonetos Aromáticos Policíclicos
Entered by: Roberto Cavalcanti
Options:
- Contribute to this entry
- Include in personal glossary

18:22 Aug 7, 2002
English to Portuguese translations [PRO]
Tech/Engineering
English term or phrase: Polycyclic Aromatic Hydrocarbon
Áreas: tratamento de solos

- PAH-Polycyclic Aromatic Hydrocarbon

Não consigo traduzir isto e nem encontrei nada na Net.
Algum colega me ajuda?
Gabriela Frazao
Portugal
Local time: 03:59
hidrocarbonetos aromáticos policíclicos
Explanation:
Reuters | Fotos

--------------------------------------------------------------------------------


Quarta-Feira, 7 de Agosto, 01:46 PM

Estudo desvincula câncer de fator ambiental em cidade dos EUA


NOVA YORK (Reuters Health) - Parece haver pouco ou nenhum vínculo entre a ocorrência de câncer de mama e a exposição a determinados pesticidas e poluentes da atmosfera. Esses fatores ambientais parecem não explicar o elevado índice de tumor de mama observado em Long Island (Nova York), informaram cientistas.

"Iniciamos essa pesquisa, que recebe financiamento federal, com mais de 3 mil mulheres. Avaliamos amostras de sangue retiradas de centenas de pacientes com diagnóstico recente de tumor de mama e comparamos os resultados com os de amostras de mulheres não-afetadas pela enfermidade, que serviram como controle", declarou Marilie D. Gammon, da Escola de Saúde Pública da Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill.

No primeiro estudo, a equipe de Gammon testou amostras de sangue de 575 mulheres com câncer de mama e 424 voluntárias do grupo de controle (sem a doença) para avaliar a presença de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAP).

Esses compostos provocam câncer de mama em ratas e são encontrados na fumaça do cigarro, na descarga de motores de automóveis e aeronaves, e nos alimentos grelhados e defumados.

De um modo geral, os pesquisadores não encontraram vínculo entre os níveis de HAP no organismo e o risco de câncer de mama. Quando avaliaram o grupo que sofreu maior exposição ao HAP, os especialistas verificaram que essas mulheres apresentavam um risco um pouco mais elevado -- cerca de 1,5 vez mais alto -- de desenvolver a enfermidade que voluntárias com os mais baixos níveis de exposição a essas substâncias.

Os pesquisadores não constataram, no entanto, relação entre os danos no DNA associados aos HAP e o tabagismo, a exposição ao fumo passivo e o consumo de alimentos grelhados ou defumados.

No segundo trabalho, a equipe avaliou amostras de sangue de 646 mulheres com tumor de mama e de 429 voluntárias do grupo de controle.

Eles testaram o sangue para detectar os níveis de poluentes ambientais como DDE (subproduto do pesticida DDT, cuja comercialização é proibida), clordano (inseticida usado para combater cupins), dieldrin (pesticida) e vários tipos de PCBs -- grupo de substâncias químicas sintéticas atualmente proibidas, mas que já foram amplamente utilizadas pela indústria e na produção de pigmentos para produtos plásticos.

Entre essas voluntárias, também não se constatou aumento no risco de câncer de mama associado a esses compostos, conhecidos coletivamente como organoclorados.

Os dois artigos foram publicados na edição de agosto da revista Cancer Epidemiology, Biomarkers and Prevention.

Os estudos, porém, não são a palavra final sobre um possível vínculo entre a poluição, os pesticidas e a ocorrência de tumor de mama, comentaram os pesquisadores.

"Sobre os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos, nossos resultados sugerem que a resposta individual de uma mulher à exposição aos HAP pode ser mais importante para o desenvolvimento do câncer de mama que a intensidade absoluta da exposição", disse Gammon. "É preciso muito mais trabalho para identificar exatamente como a exposição ambiental -- e a que produto -- pode promover o tumor de mama."

O projeto Long Island Breast Cancer Study começou em 1993, sob a coordenação do Instituto Nacional do Câncer e do Instituto Nacional de Ciências da Saúde Ambiental. O objetivo era determinar, entre outras coisas, se a taxa de câncer de mama verificada em Long Island, que é superior à média nacional, sofre influência de fatores ambientais.

Fonte: Cancer Epidemiology, Biomarkers and Prevention 2002;11:677-697.

Outra referência.

Boa sorte!

Selected response from:

mschisler
Grading comment
Deve ter sido imperícia minha a procurar.
Muito obrigada a todos.

4 KudoZ points were awarded for this answer

Advertisement


Summary of answers provided
5 +1hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAHs).
Maria Luisa Duarte
3 +3hidrocarbonetos aromáticos policíclicosmschisler
4 +1hidrocarbono aromático policíclico (PAH)
Leonardo Parachú


  

Answers


6 mins   confidence: Answerer confidence 4/5Answerer confidence 4/5 peer agreement (net): +1
hidrocarbono aromático policíclico (PAH)


Explanation:
"Chang Lin realizou coletas de ar dentro e fora desse templo e comparou com amostras colhidas em locais de tráfego intenso e em residências na mesma cidade. Verificou que dentro do templo havia uma quantidade 19 vezes maior de hidrocarbono aromático policíclico (PAH), substância que causa câncer, do que do lado de fora do prédio."

Boa sorte Gabriela

Leonardo Parachú
Local time: 23:59
Native speaker of: Native in SpanishSpanish
PRO pts in pair: 24

Peer comments on this answer (and responses from the answerer)
agree  Roberto Cavalcanti: Gabriela, é você mesmo? espero que não clonem o cadastro do Proz
7 mins
  -> luito obrigado Robcav
Login to enter a peer comment (or grade)

14 mins   confidence: Answerer confidence 3/5Answerer confidence 3/5 peer agreement (net): +3
hidrocarbonetos aromáticos policíclicos


Explanation:
Reuters | Fotos

--------------------------------------------------------------------------------


Quarta-Feira, 7 de Agosto, 01:46 PM

Estudo desvincula câncer de fator ambiental em cidade dos EUA


NOVA YORK (Reuters Health) - Parece haver pouco ou nenhum vínculo entre a ocorrência de câncer de mama e a exposição a determinados pesticidas e poluentes da atmosfera. Esses fatores ambientais parecem não explicar o elevado índice de tumor de mama observado em Long Island (Nova York), informaram cientistas.

"Iniciamos essa pesquisa, que recebe financiamento federal, com mais de 3 mil mulheres. Avaliamos amostras de sangue retiradas de centenas de pacientes com diagnóstico recente de tumor de mama e comparamos os resultados com os de amostras de mulheres não-afetadas pela enfermidade, que serviram como controle", declarou Marilie D. Gammon, da Escola de Saúde Pública da Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill.

No primeiro estudo, a equipe de Gammon testou amostras de sangue de 575 mulheres com câncer de mama e 424 voluntárias do grupo de controle (sem a doença) para avaliar a presença de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAP).

Esses compostos provocam câncer de mama em ratas e são encontrados na fumaça do cigarro, na descarga de motores de automóveis e aeronaves, e nos alimentos grelhados e defumados.

De um modo geral, os pesquisadores não encontraram vínculo entre os níveis de HAP no organismo e o risco de câncer de mama. Quando avaliaram o grupo que sofreu maior exposição ao HAP, os especialistas verificaram que essas mulheres apresentavam um risco um pouco mais elevado -- cerca de 1,5 vez mais alto -- de desenvolver a enfermidade que voluntárias com os mais baixos níveis de exposição a essas substâncias.

Os pesquisadores não constataram, no entanto, relação entre os danos no DNA associados aos HAP e o tabagismo, a exposição ao fumo passivo e o consumo de alimentos grelhados ou defumados.

No segundo trabalho, a equipe avaliou amostras de sangue de 646 mulheres com tumor de mama e de 429 voluntárias do grupo de controle.

Eles testaram o sangue para detectar os níveis de poluentes ambientais como DDE (subproduto do pesticida DDT, cuja comercialização é proibida), clordano (inseticida usado para combater cupins), dieldrin (pesticida) e vários tipos de PCBs -- grupo de substâncias químicas sintéticas atualmente proibidas, mas que já foram amplamente utilizadas pela indústria e na produção de pigmentos para produtos plásticos.

Entre essas voluntárias, também não se constatou aumento no risco de câncer de mama associado a esses compostos, conhecidos coletivamente como organoclorados.

Os dois artigos foram publicados na edição de agosto da revista Cancer Epidemiology, Biomarkers and Prevention.

Os estudos, porém, não são a palavra final sobre um possível vínculo entre a poluição, os pesticidas e a ocorrência de tumor de mama, comentaram os pesquisadores.

"Sobre os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos, nossos resultados sugerem que a resposta individual de uma mulher à exposição aos HAP pode ser mais importante para o desenvolvimento do câncer de mama que a intensidade absoluta da exposição", disse Gammon. "É preciso muito mais trabalho para identificar exatamente como a exposição ambiental -- e a que produto -- pode promover o tumor de mama."

O projeto Long Island Breast Cancer Study começou em 1993, sob a coordenação do Instituto Nacional do Câncer e do Instituto Nacional de Ciências da Saúde Ambiental. O objetivo era determinar, entre outras coisas, se a taxa de câncer de mama verificada em Long Island, que é superior à média nacional, sofre influência de fatores ambientais.

Fonte: Cancer Epidemiology, Biomarkers and Prevention 2002;11:677-697.

Outra referência.

Boa sorte!



mschisler
PRO pts in pair: 62
Grading comment
Deve ter sido imperícia minha a procurar.
Muito obrigada a todos.

Peer comments on this answer (and responses from the answerer)
agree  Clauwolf
2 mins

agree  Silvio Picinini: Hidrocarboneto é como eu conheço também
9 mins

agree  Januario Palma: Hidrocarboneto
55 mins
Login to enter a peer comment (or grade)

19 mins   confidence: Answerer confidence 5/5 peer agreement (net): +1
hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAHs).


Explanation:
Ribeiro, Fabiana Alves de Lima
Título: Aplicação de Métodos de Análise Multivariada no Estudo de Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos

Resumo: Neste trabalho foram feitas algumas aplicações de métodos de análise multivariada no estudo de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAHs). O texto está organizado em três partes: A primeira parte contém uma breve introdução aos métodos de análise multivariada, com ênfase nas duas técnicas utilizadas neste projeto: análise de componentes principais (PCA) e regressão por mínimos quadrados parciais (PLS). Esta introdução não tem a pretensão de ser minuciosa e extensiva, abordando exaustivamente cada um dos inúmeros métodos de análise multivariada. Foi colocada no texto apenas para situar o leitor menos experiente na área, a respeito dos métodos aqui utilizados. Na segunda parte foi realizada uma análise exploratória dos efeitos do derramamento de óleo do petroleiro Exxon Valdez sobre sedimentos marinhos em Prince William Sound, Alasca. Os dados para este estudo foram retirados da literatura, em que os autores analisaram o teor de 10 tipos diferentes de PAHs em 82 amostras de sedimento marinho coletadas em três profundidades diferentes em duas baías atingidas pelo óleo. Este é um exemplo interessante e muito ilustrativo das possibilidades da aplicação de métodos quimiométricos no tratamento de dados ambientais. Na terceira parte foi realizado um estudo das relações quantitativas estrutura- propriedades dos PAHs por meio da utilização de modelos de previsão de algumas propriedades físico-químicas relacionadas ao impacto ambiental destes compostos. As propriedades estudadas foram: ponto de ebulição, coeficiente de partição octanol-água, índice de retenção e fototoxidez. Para a construção dos modelos, a geometria das moléculas de PAH foi otimizada, e alguns descritores termodinâmicos, eletrônicos, estéricos e topológicos foram calculados: energia dos orbitais de fronteira, dureza molecular, momento de dipolo, eletronegatividade, polarizabilidade, cargas, propriedades termodinâmicas, volume, área, além de 151 índices topológicos. Utilizamos o método dos mínimos quadrados parciais com preprocessamento autoescalado e validação cruzada para elaboração de modelos de regressão de um conjunto de amostras cujas propriedades experimentais eram conhecidas. Uma vez validados estes modelos, tais propriedades foram previstas para um conjunto de moléculas cujos resultados experimentais não foram ainda medidos experimentalmente.



    Reference: http://biq.iqm.unicamp.br/arquivos/teses/ficharibeiro.htm
Maria Luisa Duarte
Spain
Local time: 04:59
Native speaker of: Native in EnglishEnglish, Native in PortuguesePortuguese
PRO pts in pair: 2092

Peer comments on this answer (and responses from the answerer)
neutral  Roberto Cavalcanti: Você não quer dar uma paradinha, faz 3 dias que eu estou tentando ver se é você dançando e não consigo
12 mins
  -> to be or not to be

agree  Mónica Melo: Erodic
45 mins
Login to enter a peer comment (or grade)




Return to KudoZ list


KudoZ™ translation help
The KudoZ network provides a framework for translators and others to assist each other with translations or explanations of terms and short phrases.



See also:



Term search
  • All of ProZ.com
  • Term search
  • Jobs
  • Forums
  • Multiple search