KudoZ home » French to Portuguese » Medical

pousse-seringue d\'héparine

Portuguese translation: See below

Advertisement

Login or register (free and only takes a few minutes) to participate in this question.

You will also have access to many other tools and opportunities designed for those who have language-related jobs
(or are passionate about them). Participation is free and the site has a strict confidentiality policy.
04:23 Aug 25, 2000
French to Portuguese translations [PRO]
Medical
French term or phrase: pousse-seringue d\'héparine
le pousse-seringue d'héparine limitent les déplacements
Maria Alice F.C.Antonio
Portuguese translation:See below
Explanation:
Bombas de infusão de seringa (bombas de seringa) são usadas para administrar fluidos intravenosos, tais como soluções de hiperalimentação, antibióticos, anestésicos regionais, medicações antiarrítmicas e agentes quimioterapêuticos. A terapia intravenosa avançou dramaticamente com o desenvolvimento destas soluções nutricionais e drogas. Enquanto infusões por gravidade são adequadas e de baixo custo na administração de fluidos não-críticos e não-viscosos, variações na elasticidade dos tubos plásticos e na altura do frasco podem alterar a velocidade da infusão. Bombas de seringa garantem volume de infusão e vazão constantes para baixos volumes (£50ml) de agentes farmacológicos potentes ou soluções de alimentação espessas.

Pelo fato de poderem fornecer soluções intravenosas com vazões muitos baixas e com alta precisão, as bombas de seringa são especialmente indicadas para aplicações em neonatos, pediatria e casos críticos onde pequenos volumes de drogas concentradas devam ser administrados por um período prolongado. Algumas bombas de seringa são especificamente projetadas para administrar um dado agente (p.ex. colorantes para estudos fisiológicos, oxitocina para indução de trabalho de parto, insulina para controle de diabetes, heparina para terapia anticoagulante). Bombas de seringa para funções específicas são também usadas para infusão de drogas controlada pelo paciente e para a administração de soluções secundárias (piggyback).



Princípios de operação

Os componentes de um sistema de bomba de seringas incluem um êmbolo, um encosto, uma seringa e um motor. As seringas compatíveis a cada sistema variam em estilo e tamanho. O grau de controle por microprocessador também varia.

A bomba expele o fluido da seringa avançando ora o êmbolo ora o encosto com uma velocidade controlada. Na maioria das bombas de seringa, o motor movimenta uma rosca sem fim ou um trem de engrenagens. A velocidade do motor varia com a vazão prefixada e o tamanho da seringa. A maioria das bombas usa um motor de passos que fornece um volume determinado com cada passo. Ao variar a vazão, muda a freqüência dos impulsos fornecida ao motor. Contudo, o efeito é parecido ao das bombas com motores continuamente variáveis, pois os bolus do motor de passos são freqüentes e muito pequenos. Na maioria das bombas, as seringas devem ser trocadas manualmente. Alguns modelos podem acomodar duas seringas para permitir infusões contínuas.

Quase todas as bombas de seringa têm vazões calibradas em ml/h e , às vezes, em ml/min (1 ml de fluido ocupa o volume de 1 centímetro cúbico; portanto a vazão pode ser especificada em cc/h ou cc/min). O diâmetro da seringa e velocidade com que o êmbolo avança determinam a vazão. Fabricantes especificam as marcas e os tamanhos das seringas a serem usadas com seus equipamentos, para evitar vazões erradas ou problemas com os alarmes.

Em sua maioria, as bombas pode ser montadas em pedestal para acesso conveniente, e incorpora alarmes para alertar o operador de condições potencialmente perigosas, como seringa vazia (fim de infusão), pressão excessiva (oclusão), bateria baixa ou bomba funcionando mal. Bombas de seringa têm menor probabilidade de infundir ar no paciente que bombas que fornecem grandes volumes de fluidos provenientes de frascos suspensos e , por isto, não costumam conter detectores de ar na linha
Greetings from a former user of heparin!
Selected response from:

Laura Gentili
Italy
Local time: 22:21
Grading comment
obrigada pela aula. Foi de grande valia para minha tradução.
Maria Alice
4 KudoZ points were awarded for this answer

Advertisement


Summary of answers provided
naSee below
Laura Gentili
nabomba de seringa para heparinaTelesforo Fernandez
nabomba de seringa para heparinaTelesforo Fernandez


  

Answers


3 hrs
bomba de seringa para heparina


Explanation:
Esta eh a traducao em portugues.Muita boa sorte.

Telesforo Fernandez
Local time: 02:51
PRO pts in pair: 12
Login to enter a peer comment (or grade)

3 hrs
bomba de seringa para heparina


Explanation:
Esta eh a traducao em portugues.Muito boa sorte.

Telesforo Fernandez
Local time: 02:51
PRO pts in pair: 12
Login to enter a peer comment (or grade)

6 hrs
See below


Explanation:
Bombas de infusão de seringa (bombas de seringa) são usadas para administrar fluidos intravenosos, tais como soluções de hiperalimentação, antibióticos, anestésicos regionais, medicações antiarrítmicas e agentes quimioterapêuticos. A terapia intravenosa avançou dramaticamente com o desenvolvimento destas soluções nutricionais e drogas. Enquanto infusões por gravidade são adequadas e de baixo custo na administração de fluidos não-críticos e não-viscosos, variações na elasticidade dos tubos plásticos e na altura do frasco podem alterar a velocidade da infusão. Bombas de seringa garantem volume de infusão e vazão constantes para baixos volumes (£50ml) de agentes farmacológicos potentes ou soluções de alimentação espessas.

Pelo fato de poderem fornecer soluções intravenosas com vazões muitos baixas e com alta precisão, as bombas de seringa são especialmente indicadas para aplicações em neonatos, pediatria e casos críticos onde pequenos volumes de drogas concentradas devam ser administrados por um período prolongado. Algumas bombas de seringa são especificamente projetadas para administrar um dado agente (p.ex. colorantes para estudos fisiológicos, oxitocina para indução de trabalho de parto, insulina para controle de diabetes, heparina para terapia anticoagulante). Bombas de seringa para funções específicas são também usadas para infusão de drogas controlada pelo paciente e para a administração de soluções secundárias (piggyback).



Princípios de operação

Os componentes de um sistema de bomba de seringas incluem um êmbolo, um encosto, uma seringa e um motor. As seringas compatíveis a cada sistema variam em estilo e tamanho. O grau de controle por microprocessador também varia.

A bomba expele o fluido da seringa avançando ora o êmbolo ora o encosto com uma velocidade controlada. Na maioria das bombas de seringa, o motor movimenta uma rosca sem fim ou um trem de engrenagens. A velocidade do motor varia com a vazão prefixada e o tamanho da seringa. A maioria das bombas usa um motor de passos que fornece um volume determinado com cada passo. Ao variar a vazão, muda a freqüência dos impulsos fornecida ao motor. Contudo, o efeito é parecido ao das bombas com motores continuamente variáveis, pois os bolus do motor de passos são freqüentes e muito pequenos. Na maioria das bombas, as seringas devem ser trocadas manualmente. Alguns modelos podem acomodar duas seringas para permitir infusões contínuas.

Quase todas as bombas de seringa têm vazões calibradas em ml/h e , às vezes, em ml/min (1 ml de fluido ocupa o volume de 1 centímetro cúbico; portanto a vazão pode ser especificada em cc/h ou cc/min). O diâmetro da seringa e velocidade com que o êmbolo avança determinam a vazão. Fabricantes especificam as marcas e os tamanhos das seringas a serem usadas com seus equipamentos, para evitar vazões erradas ou problemas com os alarmes.

Em sua maioria, as bombas pode ser montadas em pedestal para acesso conveniente, e incorpora alarmes para alertar o operador de condições potencialmente perigosas, como seringa vazia (fim de infusão), pressão excessiva (oclusão), bateria baixa ou bomba funcionando mal. Bombas de seringa têm menor probabilidade de infundir ar no paciente que bombas que fornecem grandes volumes de fluidos provenientes de frascos suspensos e , por isto, não costumam conter detectores de ar na linha
Greetings from a former user of heparin!


Laura Gentili
Italy
Local time: 22:21
Native speaker of: Native in ItalianItalian
PRO pts in pair: 4
Grading comment
obrigada pela aula. Foi de grande valia para minha tradução.
Maria Alice
Login to enter a peer comment (or grade)




Return to KudoZ list


KudoZ™ translation help
The KudoZ network provides a framework for translators and others to assist each other with translations or explanations of terms and short phrases.



See also:



Term search
  • All of ProZ.com
  • Term search
  • Jobs
  • Forums
  • Multiple search