projet détaillé

Portuguese translation: projecto detalhado

Login or register (free and only takes a few minutes) to participate in this question.

You will also have access to many other tools and opportunities designed for those who have language-related jobs (or are passionate about them). Participation is free and the site has a strict confidentiality policy.

GLOSSARY ENTRY (DERIVED FROM QUESTION BELOW)
French term or phrase:project détaillé (rega)
Portuguese translation:projecto detalhado
Entered by: Ana Carneiro
Options:
- Contribute to this entry
- Include in personal glossary

15:19 Jan 16, 2003
French to Portuguese translations [PRO]
Tech/Engineering
French term or phrase: projet détaillé
Etablissement du projet détaillé de l'installation d'irrigation localisée sur les 17 ha (idem : doublâge par aspersion : périodes tres séches)

que eu traduzi:
Projecto de pormenor dos 17 hectares da instalação de rega (idem: reforço da aspersão: períodos de seca).
Será projecto de pormenor ou desenho de pormenor ou até plano de pormenor (embora este último se refira mais à área de planeamento urbano). Qualquer ajuda será benvinda.
Ana Carneiro
Portugal
Local time: 11:12
projecto detalhado
Explanation:
O que há de errado com "detalhado"? Em sítios portugueses, não encontrei qualquer exemplo da combinação de "projecto de pormenor"/rega. Mas encontrei:

... e do reservatório de regularização do bloco de rega n.º 3 ... e de sinal, de comunicações, de ar comprimido, elaboração do projecto detalhado de execução ...
www.idrha.min-agricultura.pt/concursos_publicos/ 2002/cpi_11_02.htm

... Rede de Rega e Estação Elevatória; INAG / Estudo do Tarifário e da ... EDIA / Ante-Projecto Detalhado da Construção do Bloco a Beneficiar pela Infraestrutura ...
www.hidroprojecto.pt/por/profissional_n1.html

Além de outros 102 exemplos de "projecto detalhado" isoladamente, contra apenas 11 de "projecto de pormenor", nenhum deles, como já dito, relativo a projectos de rega.

--------------------------------------------------
Note added at 2003-01-16 15:52:07 (GMT)
--------------------------------------------------

E, Ana, parece-me que \"doublâge par aspersion\" quer dizer \"reforço por aspersão\". Nem todo o rego é feito por aspersão, há muitos outros métodos. E, neste caso, tenho a impressão de que o projecto prevê que, nos períodos mais secos, o método empregado, seja ele qual for, seja reforçado por métodos de aspersão.

--------------------------------------------------
Note added at 2003-01-17 19:56:06 (GMT) Post-grading
--------------------------------------------------

A questão parece estar resolvida, mas mesmo assim quero pôr aqui cópia de um trecho de uma correspondência particular com uma colega:

+++
Compreendo que os colegas portugueses devam estar particularmente atentos aos galicismos (assim como nós, brasileiros, somos obrigados a defender-nos ferozmente contra os anglicismos), em especial depois do que considero como um período de \"galicização\" forçada do português de Portugal durante a era Salazar.

No entanto, neste caso específico, não sei se posso concordar com a pecha de galicismo para um vocábulo encontradiço em documentos portugueses desde o século XIV. Os puristas devem ter lá as suas razões, mas acho estranho seguir resistindo a uma palavra com mais de seiscentos anos de utilização contínua na língua, e que além do mais pode ser legitimamente derivada de
\"talhar\", cortar, do latim tardio talìo,as,ávi,átum,áre. Que alternativa propõem esses mesmos puristas para \"ecrã\", cuja adoção pelo português do Brasil eu defendo?

Em resumo, acho que os tradutores, como uma espécie de \"guardas de fronteira\" da língua, devem sim estar atentos às invasões. Contudo, no caso dos \"detalhes\", parece-me ser mais uma questão de perseguição a um vocábulo que, depois de seiscentos anos de residênca no território do idioma, já há
muitos conquistou foros de cidadania.
Selected response from:

Tomás Rosa Bueno
Brazil
Local time: 07:12
Grading comment
Obrigada a todos. Em minha defesa relativamente ao "pormenor" devo dizer que se trata de defeito profissional, uma vez que a minha área de trabalho (90%) lida com arquitectura e construção e nessa área usa-se sempre "pormenor" (a própria lei o define assim: Plano de Pormenor, desenho de pormenor, projecto de pormenor, etc.)Obrigada Tomás também pela dica do reforço "por" aspersão e não como eu tinha.
4 KudoZ points were awarded for this answer



Summary of answers provided
3 +5projecto detalhado
Tomás Rosa Bueno
5 +1projecto de pormenor
Armando A. Cottim


  

Answers


5 mins   confidence: Answerer confidence 5/5 peer agreement (net): +1
projecto de pormenor


Explanation:
Parece-me a opção mais acertada
Espero que ajude

Armando A. Cottim
Portugal
Local time: 11:12
Native speaker of: Native in PortuguesePortuguese
PRO pts in pair: 134

Peer comments on this answer (and responses from the answerer)
agree  Gabriela Frazao: PT
8 hrs
Login to enter a peer comment (or grade)

24 mins   confidence: Answerer confidence 3/5Answerer confidence 3/5 peer agreement (net): +5
projecto detalhado


Explanation:
O que há de errado com "detalhado"? Em sítios portugueses, não encontrei qualquer exemplo da combinação de "projecto de pormenor"/rega. Mas encontrei:

... e do reservatório de regularização do bloco de rega n.º 3 ... e de sinal, de comunicações, de ar comprimido, elaboração do projecto detalhado de execução ...
www.idrha.min-agricultura.pt/concursos_publicos/ 2002/cpi_11_02.htm

... Rede de Rega e Estação Elevatória; INAG / Estudo do Tarifário e da ... EDIA / Ante-Projecto Detalhado da Construção do Bloco a Beneficiar pela Infraestrutura ...
www.hidroprojecto.pt/por/profissional_n1.html

Além de outros 102 exemplos de "projecto detalhado" isoladamente, contra apenas 11 de "projecto de pormenor", nenhum deles, como já dito, relativo a projectos de rega.

--------------------------------------------------
Note added at 2003-01-16 15:52:07 (GMT)
--------------------------------------------------

E, Ana, parece-me que \"doublâge par aspersion\" quer dizer \"reforço por aspersão\". Nem todo o rego é feito por aspersão, há muitos outros métodos. E, neste caso, tenho a impressão de que o projecto prevê que, nos períodos mais secos, o método empregado, seja ele qual for, seja reforçado por métodos de aspersão.

--------------------------------------------------
Note added at 2003-01-17 19:56:06 (GMT) Post-grading
--------------------------------------------------

A questão parece estar resolvida, mas mesmo assim quero pôr aqui cópia de um trecho de uma correspondência particular com uma colega:

+++
Compreendo que os colegas portugueses devam estar particularmente atentos aos galicismos (assim como nós, brasileiros, somos obrigados a defender-nos ferozmente contra os anglicismos), em especial depois do que considero como um período de \"galicização\" forçada do português de Portugal durante a era Salazar.

No entanto, neste caso específico, não sei se posso concordar com a pecha de galicismo para um vocábulo encontradiço em documentos portugueses desde o século XIV. Os puristas devem ter lá as suas razões, mas acho estranho seguir resistindo a uma palavra com mais de seiscentos anos de utilização contínua na língua, e que além do mais pode ser legitimamente derivada de
\"talhar\", cortar, do latim tardio talìo,as,ávi,átum,áre. Que alternativa propõem esses mesmos puristas para \"ecrã\", cuja adoção pelo português do Brasil eu defendo?

Em resumo, acho que os tradutores, como uma espécie de \"guardas de fronteira\" da língua, devem sim estar atentos às invasões. Contudo, no caso dos \"detalhes\", parece-me ser mais uma questão de perseguição a um vocábulo que, depois de seiscentos anos de residênca no território do idioma, já há
muitos conquistou foros de cidadania.


Tomás Rosa Bueno
Brazil
Local time: 07:12
Native speaker of: Native in PortuguesePortuguese, Native in SpanishSpanish
PRO pts in pair: 27
Grading comment
Obrigada a todos. Em minha defesa relativamente ao "pormenor" devo dizer que se trata de defeito profissional, uma vez que a minha área de trabalho (90%) lida com arquitectura e construção e nessa área usa-se sempre "pormenor" (a própria lei o define assim: Plano de Pormenor, desenho de pormenor, projecto de pormenor, etc.)Obrigada Tomás também pela dica do reforço "por" aspersão e não como eu tinha.

Peer comments on this answer (and responses from the answerer)
agree  Carlos Teixeira
8 mins
  -> Obrigado, Carlos.

agree  Edmond Laporte
1 hr
  -> Origado, Edmond.

agree  Clauwolf
3 hrs
  -> Obrigado, Clauwolf.

agree  Ivana de Sousa Santos: o que há de errado com "detalhado" é que é um francesismo e como tal os preciosistas da língua portuguesa acham por bem utilizar "pormenorizado" ou "pormenor" (no caso do substantivo). Mas "detalhado" já est´+a
6 hrs
  -> Obrigado, Ivana.

agree  AnaLouro
19 hrs
  -> Obrigado, Ana.
Login to enter a peer comment (or grade)



KudoZ™ translation help

The KudoZ network provides a framework for translators and others to assist each other with translations or explanations of terms and short phrases.


See also:

Your current localization setting

English

Select a language

Term search
  • All of ProZ.com
  • Term search
  • Jobs
  • Forums
  • Multiple search