O Detetive da Tradução

ProZ.com Translation Article Knowledgebase

Articles about translation and interpreting
Article Categories
Search Articles


Advanced Search
About the Articles Knowledgebase
ProZ.com has created this section with the goals of:

Further enabling knowledge sharing among professionals
Providing resources for the education of clients and translators
Offering an additional channel for promotion of ProZ.com members (as authors)

We invite your participation and feedback concerning this new resource.

More info and discussion >

Article Options
Your Favorite Articles
Recommended Articles
  1. ProZ.com overview and action plan (#1 of 8): Sourcing (ie. jobs / directory)
  2. Getting the most out of ProZ.com: A guide for translators and interpreters
  3. El significado de los dichos populares
  4. The difference between editing and proofreading
  5. Does Juliet's Rose, by Any Other Name, Smell as Sweet?
No recommended articles found.
Popular Authors
  1. M. Anna Kańduła
  2. carelessmoose
  3. Zoltan Bartok
  4. farida
  5. rumpeb
No popular authors found.

 »  Articles Overview  »  Art of Translation and Interpreting  »  Translation Techniques  »  O Detetive da Tradução

O Detetive da Tradução

By Mark Thompson | Published  06/12/2018 | Translation Techniques | Recommendation:
Contact the author
Quicklink: http://www.proz.com/doc/4504
Author:
Mark Thompson
Brazil
Portuguese to English translator
 
View all articles by Mark Thompson

See this author's ProZ.com profile
Entrei no mundo da tradução relativamente tarde, então um dos meus maiores aliados na profissão é a minha experiência de vida anterior.
Quando me mudei para o Brasil em 2003, deixei para trás uma carreira de 12 anos com a Polícia do Reino Unido, durante a qual passei vários anos como detetive investigando crimes graves. Até hoje só consigo enfrentar os trabalhos de tradução ¬¬¬- desde os pequenos e simples até os grandes e complexos – de forma semelhante à investigação de um crime.

Para mim, a similaridade está no fato de que nas duas profissões você frequentemente se depara com um enigma a ser solucionado – e as suas ações vão lhe diferenciar como um tradutor/detetive competente e meticuloso ou não.

“Dados, dados, dados!Não posso fazer tijolos sem barro!”clama o famoso Sherlock Holmes em O Signo dos Quatro. Da mesma forma, o bom detetive da tradução tem ferramentas de pesquisa confiáveis à sua disposição. Caso se trate de um texto especializado e mais técnico, ele deve ter bom conhecimento do assunto e, assim como o bom investigador se mantém informado da legislação criminal e práticas criminais mais recentes, o tradutor também deve se esforçar para garantir que está atualizado em termos de regulamentos, padrões, procedimentos e normas relativas ao material.

Não se trata somente de ter os glossários certos e saber como usar da melhor forma as ferramentas de pesquisa. O bom detetive da tradução também tem uma mente aberta para possíveis “linhas de investigação” alternativas. Portanto, o que no início parecia ser uma tradução fácil e generalista é na verdade uma oportunidade para excelência.
O bom detetive da tradução lê, assiste e ouve a maior quantidade possível de materiais para ter em mente expressões, frases e combinações de palavras; ele utiliza um dicionário de sinônimos para evitar a repetição das mesmas soluções, porém sempre pensando no leitor e se esforçando para oferecer as soluções mais fáceis de ler e mais adequadas, é claro.

Finalmente, nunca é demais enfatizar a importância de ter informantes – como detetive eu tinha vários que me davam informações sobre criminosos e suas atividades – e o mesmo se aplica ao bom detetive da tradução.Tenho familiares e conhecidos que trabalham em várias áreas diferentes de conhecimento em várias partes do mundo. Portanto, ligo para o meu informante especialista em TI Português quando tenho um trabalho de TI em português europeu; posso pedir para minha prima nos Estados Unidos – funcionária pública do governo federal – confirmar um coloquialismo se estiver trabalhando com o inglês dos EUA, e por aí vai.

O bom detetive criminal é sempre curioso e mantém uma mente aberta, fazendo o trabalho necessário para garantir que irá apresentar a solução mais completa e irrefutável para o caso que lhe foi confiado.

O bom tradutor também.


Copyright © ProZ.com, 1999-2019. All rights reserved.
Comments on this article

Knowledgebase Contributions Related to this Article
  • No contributions found.
     
Want to contribute to the article knowledgebase? Join ProZ.com.


Articles are copyright © ProZ.com, 1999-2019, except where otherwise indicated. All rights reserved.
Content may not be republished without the consent of ProZ.com.




Your current localization setting

English

Select a language

All of ProZ.com
  • All of ProZ.com
  • Term search
  • Jobs
  • Forums
  • Multiple search