Working languages:
English to Portuguese
Portuguese to English

Availability today:
Not available (auto-adjusted)

December 2019
SMTWTFS
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

Eduan Moraes
English translator 4 years of experience

Brazil
Local time: 12:31 BRT (GMT-3)

Native in: Portuguese (Variant: Brazilian) Native in Portuguese
Feedback from
clients and colleagues

on Willingness to Work Again info
1 positive review
(1 unidentified)

 Your feedback
What Eduan Moraes is working on
info
Nov 19 (posted via ProZ.com):  Just finished a translation of a certificate, Portuguese to english, 430 word, my coffee is waiting for me! ...more, + 2 other entries »
Total word count: 0

  Display standardized information
Account type Freelance translator and/or interpreter, Identity Verified Verified member
Data security Created by Evelio Clavel-Rosales This person has a SecurePRO™ card. View now.
Services Translation
Expertise
Specializes in:
Computers: HardwareComputers: Software
Computers: Systems, NetworksComputers (general)
ManufacturingMedia / Multimedia
Names (personal, company)Science (general)
Internet, e-CommerceGames / Video Games / Gaming / Casino

KudoZ activity (PRO) PRO-level points: 65, Questions answered: 115, Questions asked: 4
Portfolio Sample translations submitted: 2
English to Portuguese: Introduction to medical equipment inventory management from WHO Medical device technical series
General field: Medical
Source text - English

The next text is an excerpt from the book Introduction to medical equipment inventory management from WHO Medical device technical series:


Introduction

Health-care technology has become a critical component of health care, as it enables health-care providers to diagnose, treat, monitor and provide therapy to patients within an appropriate environment of care. Quality management of health-care technology helps ensure that these services are provided in a safe and effective way. The first step in managing health-care technology is to determine what items are to be managed and to create the health-care technology inventory. The inventory is a working document that is regularly checked and updated to accurately reflect the status of healthcare technology assets. When used appropriately, the inventory serves as an important and powerful tool to improve management of many key aspects of health-care technology.


Definition of inventory

An inventory is a detailed itemized list of assets held by an organization or institution. To be worthwhile, an inventory must be continually maintained and updated to reflect the current status of each asset. Depending on the nature of the organization and its associated assets, different details are tracked and updated as changes occur. The goal is to have an accurate, up-to-date record of all assets held by the organization, reflecting the current status at any given moment in time. Within the scope of HTM, an inventory is the first and most important tool for achieving several broad aims: A medical equipment inventory provides a technical assessment of the technology on hand, giving details of the type and quantity of equipment and the current operating status. The inventory provides the basis for effective asset management, including facilitating scheduling of preventive maintenance and tracking of maintenance, repairs, alerts and recalls. The inventory can provide financial information to support economic and budget assessments. The inventory is the foundation needed to organize an effective HTM department. Items such as equipment history files and logbooks, operating and service manuals, testing and quality assurance procedures and indicators are created, managed and maintained under the umbrella of the equipment inventory. Furthermore, accessories, consumables and spare parts inventories are directly correlated with the main medical equipment inventory.


Types of inventory

Inventories of medical equipment may be maintained at different levels within a country’s health-care structure. At the national level, the ministry of health or other overseeing body may keep an inventory of highly sophisticated or regulated equipment, such as devices used in nuclear medicine and devices that emit ionizing radiation. Such inventories may be used to ensure that the proper service is implemented to protect large investments of highly technical equipment and to monitor potential hazards, including radioactive and nuclear exposure. In cases where the state owns the assets, a national or regional/provincial inventory may be implemented. Most medical equipment inventories, however, are held at the health-care facility level. For smaller organizations, such as a local clinic, the inventory may consist of a few simple items and may be updated very infrequently, if ever. Meanwhile, high-level specialized hospitals may have thousands of items listed in the inventory, with continual updates. Every inventory is unique to reflect the facility’s assets; the size and complexity of the inventory will depend on its type and purpose and the scale of the operation. Many types of medical equipment require consumables and accessories. Therefore, in conjunction with the medical equipment inventory, the healthcare facility should maintain a separate inventory of consumables necessary to operate medical equipment (2). These include items such as blood tubing sets, electrodes, electrocardiographic (ECG) paper, conductive gel and reagents. The inventory includes a stock-control system to track details such as quantities and expiration dates so that items remain in stock and are used before they expire. Effective stock control of consumables inventory prevents stock-outs and allows budget estimates to cover the cost of consumables. An equipment spare parts inventory is another important record that must be maintained in order to ensure safe and effective function of medical equipment. For each medical device, it is important to have a stock of the items that wear over time or need to be replaced regularly, including filters, O-rings and other parts recommended by the manufacturer. In addition, general maintenance materials, such as fuses, screws and electrical wires, must be kept in supply through the use of the inventory. A spare parts inventory can assist in estimating the annual maintenance costs of the medical equipment stock. Other inventories that could be implemented in support of or related to health-care technology include the following: Workshop tools and test equipment inventory: Assists the medical equipment maintenance team in keeping tools and test equipment organized, in good working order and in calibration. Industrial and hospital equipment: Items such as boilers, autoclaves, laundry equipment, generators, and compressed air, vacuum and medical gas distribution systems, are all necessary to keep the hospital running smoothly and require maintenance. An inventory of such equipment is useful in managing the maintenance of this equipment. Safety equipment: Keeping an inventory of items such as fire extinguishers, fire hoses, alarms and eyewashes, and performing routine checks to ensure they are in good order, will ensure that they are functional when needed. Radioactive and hazardous materials and waste: Maintaining an inventory of such materials helps to ensure proper regulation and disposal and prevent unnecessary contamination. The focus of this document is on medical equipment, consumables, spare parts, workshop tools and test equipment inventories. Discussions of inventories for industrial and hospital equipment, safety equipment, and radioactive and hazardous materials and waste are outside the scope of this document.

Translation - Portuguese

O texto a seguir é um trecho do livro Introduction to medical equipment inventory management de WHO Medical device technical series:


Introdução

A tecnologia de assistência médica se tornou um componente crítico nos cuidados com a saúde, conforme ela habilita provedores de assistência médica para diagnósticos, tratamentos, monitoramento e terapia à pacientes dentro de um ambiente de cuidados apropriado. A qualidade do gerenciamento da tecnologia de assistência médica ajuda a garantir que esses serviços sejam providenciados de maneira segura e efetiva. O primeiro passo no gerenciamento da tecnologia de assistência médica é determinar quais itens serão gerenciados e criar o inventário da tecnologia de assistência médica. O inventário é um documento de trabalho que é regularmente verificado e atualizado para refletir precisamente o estado dos recursos da tecnologia de assistência médica. Quando usado apropriadamente, o inventario serve como uma ferramenta importante e poderosa para melhorar o gerenciamento de diversos aspectos chave da tecnologia de assistência médica.


Definição de inventario

Um inventario é uma lista detalhada de recursos segurados por uma organização ou instituição. Para valer apena, um inventário precisa ser continuamente mantido e atualizado para refletir o estado atual de cada recurso. Dependendo da natureza da organização e seus recursos relacionados, diferentes detalhes são monitorados e atualizados de acordo com as mudanças que ocorrem. O objetivo é ter um registro preciso e atualizado de todos recursos mantidos pela organização, refletindo o estado atual em qualquer dado momento no tempo. Dentro do âmbito do HTM - high-technology medicine, um inventário é a primeira e mais importante ferramenta para alcançar diversos objetivos em geral: Um inventário de equipamento médico fornece uma avaliação técnica da tecnologia em mãos, oferecendo detalhes do tipo e quantidade do equipamento e estado atual operacional. O inventário fornece a base para um gerenciamento de recursos efetivo, incluindo a facilitação de agendamento de manutenção preventiva e busca de manutenções, concertos, alertas e cancelamentos. O inventário pode fornecer informações financeiras para auxilio econômico e avaliações orçamentais. O inventário é a base necessária para organizar um departamento efetivo de HTM - high-technology medicine. Itens tais como histórico de arquivos dos equipamentos e registros, operação e serviços manuais, procedimentos de qualidade e segurança e indicadores são criados, gerenciados e mantidos sob a cobertura do inventário de equipamentos. Além disso, acessórios, consumíveis e peças de reposição estão diretamente correlacionadas com o inventário de equipamento médico principal.


Tipos de inventario

Inventários de equipamento médico podem ser mantidos em diferentes níveis dentro de uma estrutura de cuidados médicos do país. A nível nacional, o ministério da saúde ou outro órgão supervisor pode manter um inventário altamente sofisticado ou equipamentos regulados, tais como dispositivos usados em medicina nuclear e dispositivos que emitem radiação ionizante. Tais inventários podem ser usados para garantir que o serviço seja implementado apropriadamente para proteger grandes investimentos de equipamentos altamente técnicos e para monitorar perigos em potencial, incluindo exposição nuclear e radioativa. Em casos onde o estado é proprietário dos recursos, um inventário nacional ou regional/provincial pode ser implementado. A maioria dos inventários de equipamento médico, no entanto, são mantidos nos níveis de instalação médica. Para pequenas organizações, tais como clinicas locais, o inventário pode consistir de alguns itens simples e pode ser atualizado com pouquíssima frequência, quando atualizado. Enquanto isso, hospitais especializados de alto nível podem ter milhares de itens listados no inventário, com atualizações contínuas. Cada inventário é único para refletir os recursos do estabelecimento; o tamanho e complexibilidade do inventário dependerá da sua categoria, proposito e escala da operação. Muitos tipos de equipamento médico requerem acessórios e consumíveis. Portanto, em conjunção com o inventário de equipamento médico, a instalação médica deve manter um inventário de consumíveis separado necessário para operar equipamentos médicos. Nestes inclui-se itens tais como conjuntos de tubulação de sangue, eletrodos, eletrocardiograma (ECG), géis condutores e reagentes. O inventário inclui um sistema de estoque de controle para rastrear detalhes como quantidades e datas de vencimentos para que os itens permaneçam em estoque e sejam usados antes que expirem. Controle de estoque efetivo de inventários consumíveis previnem falta de estoque e permitem estimar orçamentos para cobrir os custos dos consumíveis. Um inventário de peças de reposição de equipamentos é outro importante registro que deve ser mantido afim de assegurar a segurança e a função eficaz do equipamento médico. Para cada dispositivo médico, é importante ter um estoque dos itens que se desgastam ao longo do tempo ou que precisam ser substituídos regularmente, incluindo filtros, O’rings e outras partes recomendadas pelo fabricante. Além disso, manutenção geral dos materiais, tal como fusíveis, parafusos e fios elétricos, deve ser fornecida conforme o uso do inventário. Um inventário de peças de reposição pode auxiliar a estimar o custo anual de manutenção do estoque de equipamento médio. Outros inventários que poderiam ser implementados em suporte ou relacionados com tecnologia de assistência médica incluem o seguinte: Ferramentas de oficina e inventário de equipamento de teste: auxilia a manutenção da equipe de equipamento médio em manter as ferramentas e os equipamentos de teste organizados, em bom estado de funcionamento e calibrados. Equipamento industrial e hospitalar: Itens tais como caldeiras, autoclave, equipamento de lavanderia, geradores e sistemas de distribuição de ar comprimido, vácuo e gás medicinal, são todos necessários para manter um hospital funcionando sem problemas e exigem manutenção. Um inventário de tal equipamento é útil para gerenciar a manutenção deste equipamento. Equipamento de segurança: manter um inventário de itens como extintor de incêndio, mangueiras de incêndio, alarmes e colírios, realizar rotinas de verificação para assegurar que eles estejam em boas condições, irá garantir que eles sejam funcionais quando necessários. Materiais e resíduos radioativos perigosos: manter um inventário de tais materiais ajuda a assegurar a regulação e descarte adequados e prevenir a contaminação desnecessária. O foco desse documento é em equipamento médicos, consumíveis, peças de reposição, ferramentas de oficina e inventários de equipamentos de teste. Discussões de inventários para equipamentos industriais e hospitalares, equipamentos de segurança e Materiais radioativos e perigosos e resíduos estão fora do escopo deste documento.

English to Portuguese: S&A chart movement
Source text - English

This S&P 500 chart just sent a screaming sell signal—here’s how to trade it Stocks are sending a sell signal. So says widely followed strategist Sven Henrich, founder and lead market strategist at NorthmanTrader, who told CNBC’s “Fast Money” on Thursday that one S&P 500 chart is showing the market heading for a major drop. Many market watchers have taken notice of the technical “megaphone” pattern the S&P has been forming since mid-2018, a formation made during times of heightened volatility that is also known to some as a broadening wedge. Digging deeper, Henrich discovered a new element forming within the megaphone: a rising wedge. Technical analysts use rising wedges to try and predict trend reversals in a given security. “What happened in August is that rising wedge actually broke to the downside,” Henrich said. “That’s kind of your ... classic warning sign. And so markets will have to repair that, or face risk of further downside to come.” To “repair” the trend, in Henrich’s book, the S&P would have to break above the upper trend line of its megaphone pattern, make that trend line its new floor of support and then, potentially, enjoy a “massive rally.” But there’s still a lot of room for error, the strategist warned. “What we’re looking at here short term is there’s a possibility the VIX goes up to 28-30” in the coming months, he said, referring to the CBOE Volatility Index, also known as the stock market’s “fear gauge.” “There’s currently a pattern on the VIX that suggests that is a distinct possibility. We may have a buyable dip,” Henrich said. “Otherwise, with a break of 2,700, for example, you’re starting to risk that this pattern goes active. And the ultimate target [on] that one is 2,100.” That would represent a nearly 28% drop for the S&P from its Friday levels. And while that sounds dramatic, Henrich said the market is actually already offering some support for this theory. “Ironically, that’s kind of what the bond market’s been signaling. The 10-year [U.S. Treasury yield is] already back to the levels of the U.S. election in 2016, ” he said. “You have nine major economies around the globe already either in recession or at the verge of a recession.” That’s what’s been causing the increasingly “violent” swings in the stock market, and the longer the U.S.-China trade debacle drags on, the riskier the environment gets, Henrich warned. “I think the market is getting impatient,” he said. “The market wants this resolved, and to the extent that this, again, gets pushed into next year, perhaps, I think markets will lose patience as we see Europe, for example, overtly flirting ... with recession at this point.” Worse, if global central banks continue to “intervene when markets [get] into any sort of trouble” with accommodative monetary policy, their ability to step in during a full-fledged crisis may become muted, if not ineffective, Henrich said. “The Fed actually is cutting rates here with financial conditions being the loosest in 25 years. It’s unfathomable. When you have loose financial conditions, typically, central banks raise rates,” he said. “What are they trying to accomplish here by going even looser than what we’ve seen before?” “Look at the housing data you’re getting with mortgage apps,” he said. “With yields collapsing, the 30-year making all-time lows, we don’t really see any growth here in the housing market. So, what’s the end game here in terms of efficacy? And I worry that, obviously, we are reaching a point where central banks can only do so much.”

Translation - Portuguese

Esse Gráfico da S&P 500 acabou de mandar um gritante sinal de venda – aqui está como negociar as ações que estão sinalizando venda. É o que diz o estrategista amplamente seguido Sven Henrich, Fundador e líder de estratégias de mercado no NorthmanTrader, O qual contou para a CNBC’s “dinheiro rápido” quinta-feira que o gráfico S&P 500 está mostrando uma posição de mercado para uma grande queda. Muitos observadores do mercado estão tomando conhecimento da técnica “megafone” um padrão que a S&P tem formado desde a metade de 2018, uma formação feita durante tempos de uma maior volatilidade que também é conhecida por alguns como um alargamento de cunha. Cavando mais a fundo, Henrich Descobriu um novo elemento se formando dentro no megafone: uma cunha crescente. Analistas técnicos usam cunhas crescente para tentar e prever tendências de reversão em uma dada segurança. “o que aconteceu em agosto é que a crescente cuia na verdade quebrou para o lado negativo”, Disse Henrich. “Esse é o clássico tipo ... de sinal de alerta. E então os mercados terão que reparar isso, ou encarar o risco de mais baixas por vir.” Para “reparar” a tendência, no livro de Henrich, A S&P teria que quebrar acima da parte superior da linha de tendência do seu padrão megafone, fazendo sua linha de tendência seu novo piso de apoio e então, potencialmente, desfrutar de um “massivo rali.” Mas há ainda muito espaço para falhas, advertiu o estrategista. “O que estamos vendo aqui a curto prazo é que há uma possibilidade que a VIX suba para 28-30” nos próximos meses, ele disse, referindo-se a o índice de volatilidade CBOE, também conhecido como “medidor de medo” das ações de mercado. “Há atualmente um padrão no VIX que sugere que é uma possibilidade distinta. Nos podemos ter um declive de compras,” Disse Henrich.” De outra forma, com uma pausa de 2700, por exemplo, você está começando a ariscar que esse padrão se ative. E o alvo final é 2100.” Isso poderia representar aproximadamente 28% de queda para a S&P a partir de seus níveis de sexta-feira. E enquanto isso soa dramático, Henrich disse que o mercado na verdade já está oferecendo suporte para sua teoria. “Ironicamente, esse é o tipo de sinalização do mercado de títulos. Os 10 anos Rendimento do Tesouro EUA já está de volta aos níveis das eleições dos EUA em 2016,” ele disse “Você tem as nove maiores economias ao redor do globo já em recessão ou à beira de uma recessão.” Isso é o que tem causado o aumento no balanço “violento” das ações de mercado, e quanto mais tempo o desastre comercial U.S.A-China persistir, mais arriscado o ambiente fica, Henrich Alerta. “eu acho que o mercado está ficando impaciente,” Ele disse. “O mercado quer que isso se resolva, e na medida em que esta, de novo, é empurrado para o próximo ano, possivelmente, eu acho que o mercado vai perder a paciência como nós vemos na Europa, por exemplo, flertando abertamente ... com a recessão nesse ponto.” Em pior situação, se os bancos centrais globais continuarem a “intervir quando o mercado entra em qualquer tipo de problema” com a acomodativa política monetária, sua habilidade de intervir durante uma crise verdadeira pode tornar-se silenciosa, se não ineficaz, disse Henrich. “O Fed na verdade está cortando as taxas com condições financeiras sendo mais soltas dos últimos 25 anos. Isso é incomensurável. Quando você perde as condições financeiras, tipicamente, os bancos sobem as taxas,” Ele disse. “O que eles estão realizando aqui? ficando ainda mais frouxo do que já vimos antes?” “Olhando para os dados de habitação que você está recebendo aplicativos de hipoteca” ele disse “com rendimentos colapsando, os 30-anos fazendo mínimas de todos os tempos, nós não vemos realmente qualquer crescimento aqui no mercado de imóveis. Então o que é o fim de jogo aqui em termos de eficácia? E eu me preocupo que, obviamente, nos estejamos alcançando um ponto onde os bancos centrais só podem fazer muito.


Translation education Other - DeepEnglish Fluency Course
Experience Years of translation experience: 3. Registered at ProZ.com: Jul 2019. Became a member: Aug 2019.
Credentials N/A
Memberships N/A
Software Adobe Photoshop, memoQ, Microsoft Excel, Microsoft Word, Plunet BusinessManager, SDL TRADOS, Subtitle Edit, Subtitle Editor
CV/Resume English (PDF)
Professional practices Eduan Moraes endorses ProZ.com's Professional Guidelines.
Professional objectives
  • Meet new translation company clients
  • Improve my productivity
  • Meet new end/direct clients
  • Learn more about translation / improve my skills
Bio

Eduan Schirrmann de Moraes   

Always striving for perfection in my work to meet expectations.



Certified PROs.jpg



Computer Technician - IFSUL - 2016


English Presential Course Your Point 2013 - 2016


Mairo Vergara English Course – February to December 2016


Fluency Course (intermediate to advanced) - Deep English - 2018


Japanese Program Online Course 2017 - 2019



Translation

   I started translating scholar documents for my friends and micro entrepreneur in my city, all this jobs was nonprofit I just did it for the experience and to improve my skills as a translator. I have a great capacity to translate a large variety of content due the wide of vocabulary that I could acquire in the last 3 years.






This user has earned KudoZ points by helping other translators with PRO-level terms. Click point total(s) to see term translations provided.

Total pts earned: 69
PRO-level pts: 65


Language (PRO)
English to Portuguese65
Top general fields (PRO)
Other24
Tech/Engineering13
Law/Patents12
Social Sciences4
Art/Literary4
Pts in 2 more flds >
Top specific fields (PRO)
Marketing / Market Research8
Law: Contract(s)8
Livestock / Animal Husbandry8
Construction / Civil Engineering5
Mechanics / Mech Engineering4
Medical (general)4
Petroleum Eng/Sci4
Pts in 6 more flds >

See all points earned >
Keywords: translation, traducao, translator, tradutor, portuguese, portugues, english, ingles, brazil, brasil, computers, software, localization, tradução, inglês, português, computer technician, computer science, técnico em informática, ciência da computação, English-Portuguese, Inglês-Português, photoshop, design


Profile last updated
Dec 11



More translators and interpreters: English to Portuguese - Portuguese to English   More language pairs



Your current localization setting

English

Select a language

All of ProZ.com
  • All of ProZ.com
  • Term search
  • Jobs
  • Forums
  • Multiple search